8 de dezembro de 2021

Amazonas começa a receber grupos de Israel

A Amazônia é uma marca de um valor extraordinário no mercado turístico internacional. Se destaca como um atrativo diferenciado e desponta como destino preferencial para prática do turismo de natureza. O Amazonas ainda acrescenta a essas peculiaridades, o turismo folclórico, religioso, de pesca, de base comunitária e de sustentbilidade. Um diversificado leque de atrações ao ar livre para famílias ou grupos pequenos, oposto ao turismo de massa. 

Conhecedor desse vasto e deslumbrante corredor ecológico, o empresário amazonense David Salgado, que reside e trabalha em Israel como operador e guia de turismo há 16 anos, decidiu consolidar a rota do Amazonas e Pará, firmando parcerias comerciais com hotéis e operadores turísticos de Manaus, Presidente Fiqueiredo e Parintins, bem como Santarém, Alter do Chão, Salinas e Belém no estado do Pará.

Para o empresário David Salgado “A importância da imigração dos judeus para a Amazônia e sua contribuição para o comércio, industria e navegação, culminando com o período áureo da borracha quando ganharam promoção econômica para as famílias que imigraram para os estados do Amazonas e Pará, hoje é a meu ver, um excelente roteiro turístico englobando não somente a beleza desta região e suas facetas mas também a fantástica história dessa imigração tão importante que foi a dos judeus para a Amazônia brasileira”, afirmou.

Espetáculo privativo no palco do Teatro Amazonas/ Crédito: Divulgação

Na programação amazonense foram incluídas atividades culturais e interativas na sinagoga Beit Yacoov – Rabi Meyr e no clube A Hebraica. A acomodação será feita nos hotéis de charme localizados no entorno do Teatro Amazonas, como o Hotel Perpétua e Boutique Hotel que são capitaneados pela empresária Cláudia Mendonça. Um barco regional levará os turistas para visita às comunidades do Rio Negro que compõem o Turismo de Base Comunitária (TBC), com apresentação indígena (artesanato, dança, arte, pintura, escultura e poesia). Uma apresenação especial da Orquestra Filamônica no Teatro Amazonas vai coroar o espetáculo. A visita no Sítio Panc do expert Valdely Kinupp – referência nacional em PANC (Plantas Alimentícias Não Convencinais), onde por exemplo, a folha de urtiga é usada como alimento e nutrição formatam um roteiro inesquecível na capital amazonense. Nao poderia ficar de fora a visita nas grutas e os banhos nas cachoeiras de Presidente Figueiredo. Para fechar com chave de ouro Parintins vai realizar um show folclórico dos bois-bumbás Caprichoso e Garantido, além da famosa farinhada na comunidade rural da ilha Turpinambarana.

O Sítio PANC reabre para a melhor opção da temporada/ Crédito: Divulgação

Sítio PANC reabre para a melhor opção da temporada

Com hospedagem rústica opcional, uma programação excepcional inclui almoço e visita técnica ao único Sítio de Pesquisa Aplicada, com fundamentos científicos de PANC – Plantas Alimentícias Não Convencinais –  do Brasil, será conduzida pelo Prof. Valdely Kinupp que é referência nacional na áerea. 

O evento faz parte do projeto “Amazônia Sede Mundial da Biodiversidade e Biotecnologia” e “Manaus Cidade Jardim, Comestível medicinal e Cosmético”, será realizado no dia 21 de novembro das 9:00h às 14:00h, no Sítio Panc, na Avenida Brasileirinho, nr 4960, Km 6, no bairro João Paulo III. 

Segundo o especialista, Joaquim Gouveia “PANC também pode ser usadas para jardins verticais, nutritivos e decorativos, além de reduzir a temperatura interna das edificações”. Joaquim afirma que o uso de PANC traz nutrição além de ser saborosa, prevenir e trazer saúde ao usuário.

Reservas com pagamento antecipado com Joaquim Gouveia, pelo WatsApp 92 99179-1195 

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email