Conforme os dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, o Amazonas fechou no mês de Julho com um saldo positivo de 2.974 contratações. O índice calcula a quantidade de trabalhadores admitidos versus o número de trabalhadores demitidos no mesmo período. Este é o primeiro mês após o início da pandemia, que começou em meados de março,  em que o número de vagas fecha com saldo positivo, demonstrando que o estado do Amazonas efetivamente está retomando a economia e saindo do período de recessão e de grande número de demissões. Entre os setores que movimentam a economia no estado, os destaques são para a Indústria, que fechou o mês com um saldo positivo de 1.513 vagas; seguido do Comércio, com 804; e fechando com a Construção Civil, que obteve saldo positivo de 557 contratações. Ao analisar o resultado acumulado do ano, de janeiro a julho de 2020, o saldo ainda é negativo em 12.683 vagas. Porém, o resultado de julho evidencia um corte na curva negativa, passando para um momento de ascendência no número positivo de admissões, o que acena para um período de aquecimento do mercado e retomada das contratações.

horário

TÁ NA HORA

A semana que começa será decisiva para as pretensões dos principais candidatos a prefeito de Manaus, especialmente para aqueles que contam com a possibilidade de conquistar novos apoios – leia-se partidos aliados, tempo de televisão e fundo eleitoral. Pelo menos oito legendas importantes estão em dúvida entre lançar candidato próprio ou apoiar outra candidatura, entre elas o MDB, DEM, PTB, Progressistas e Republicanos.

ÓDIO

O Ministério Público Federal pediu à Justiça Federal o julgamento antecipado de ação civil pública que pede a condenação da União e da Funai por discurso de ódio contra povos indígenas e direito de reposta ao povo indígena Waimiri Atroari. A peça foi apresentada em março deste ano, para que a Justiça Federal no Amazonas declare a omissão do Estado brasileiro na condução da política indigenista e a violação de direitos fundamentais dos povos indígenas, notadamente do povo Waimiri Atroari.

NOVIDADE

Pacientes com câncer de mama metastático em tratamento paliativo contam com um novo protocolo terapêutico, o qual é oferecido pelo serviço de Oncologia Clínica da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas. O novo tratamento passou a ser oferecido na segunda quinzena de agosto e consiste na inclusão do medicamento Pertuzumabe associado ao Trastuzumabe.

TOMOGRAFIA

A Secretaria de Estado de Saúde está adquirindo quatro aparelhos novos de tomografia para a rede de urgência e emergência. Os equipamentos são destinados aos Prontos-Socorros 28 de Agosto, João Lúcio, Platão Araújo e Hospital Francisca Mendes e estão inseridos no processo de reestruturação da rede estadual de saúde.

PRORROGAÇÃO

As inscrições para consultores da Amazônia Legal interessados em desenvolver planos de ações ambientais pós-pandemia, por meio do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, foram prorrogadas até o dia 02 de setembro (quarta-feira). A medida visa atender estados que estão com dificuldades em encontrar consultores habilitados que atendam aos critérios de seleção.

CARÁ

Dados do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas apontam que Caapiranga é o maior produtor de cará do Amazonas, com produção anual de 4,2 mil toneladas. O alimento, que é rico em nutrientes, tem chamado a atenção de pesquisadores e da indústria de alimentos, o que resultou em uma parceria entre o Idam, a Universidade Estadual de Campinas, a Universidade Federal do Amazonas, a Empresa Cargill e a Prefeitura de Caapiranga, que irão executar um projeto de beneficiamento do tubérculo produzido no município.

BOA PERSPECTIVA

Produtores e empresários do Amazonas estimam um crescimento de até 50% na comercialização dos produtos de origem animal a partir da adesão da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas ao Sistema Brasileiro de Inspeção, prevista para ocorrer ainda neste ano.

PARCERIA

O Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas iniciou as tratativas com a consultoria da Cooperação Técnica Alemã para definição de planejamento estratégico de Assistência Técnica e Extensão Rural sobre a gestão do Cadastro Ambiental Rural. A próxima etapa é realizar uma oficina de planejamento, que deve ocorrer nos dias 17 e 18 de setembro.

FRASES

“A bioeconomia precisa se somar, dinamizar, para fazer parte do portfólio de investimentos na Amazônia, em especial na ZFM.” Sérgio Leitão, especialista em Direito Ambiental, em palestra durante webseminário promovido pelo Tribunal de Contas do Estado

“Só quem tem o DNA do Bolsonaro sou eu.” Coronel Menezes (Patriota), pré-candidato a prefeito de Manaus

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email