Aliança de marcas bate recorde de vendas em 2013

A Aliança Renault-Nissan vendeu 8.266.098 de veículos no mundo em 2013, um volume de vendas sem precedentes que representa uma alta de 2,1% em relação a 2012 e inclui as vendas da AVTOVAZ.
“A forte demanda nos principais mercados mais do que compensou o baixo crescimento, ou até mesmo recuo, nas outras regiões », declarou Carlos Ghosn, Presidente da Renault-Nissan. Sempre haverá períodos de volatilidade em algumas regiões, mas estamos otimistas em relação ao crescimento do mercado automotivo de longo prazo. A Aliança Renault-Nissan está bem posicionada para desempenhar um papel de destaque nos principais segmentos do mercado em nível mundial.”
O grupo Renault vendeu 2.628.208 veículos no mundo em 2013, em alta de 3,1% em relação a 2012. Em um mercado em queda de 1,7%, os volumes do Grupo aumentaram 2,4% na Europa, com 1.301.864 veículos vendidos; a participação de mercado chegou a 9,5%, em alta de 0,4 ponto.
Pelo segundo ano consecutivo, a Renault realizou mais de 50% de suas vendas fora da Europa. Elas chegaram a 1.326.344 veículos, em alta de 3,8% em relação a 2012.
A Nissan Motor Corporation vendeu 5.102.979 veículos no mundo, em alta de 3,3%, um volume recorde pelo quarto ano consecutivo. A Nissan continua a comercializar mais de 1 milhão de veículos em seus dois principais mercados: a China e os Estados Unidos.
A AVTOVAZ, proprietária da célebre marca LADA, vendeu 534.911 veículos em nível mundial, uma queda de 12,1% em relação a 2012, em um contexto de desaceleração do crescimento econômico na Rússia.
A Aliança Renault-Nissan possui uma participação majoritária no capital da AVTOVAZ, a maior montadora de automóveis da Rússia, através de uma joint venture com a empresa estatal RosTech. Um veículo a cada três na Rússia foi vendido pela Aliança Renault-Nissan e a AVTOVAZ.

Fatos relevantes do ano de 2013: Renault e Nissan

Os dez primeiros mercados da Aliança em 2013 foram China, Estados Unidos, Rússia, Japão, França, México, Brasil, Alemanha, Reino Unido e Turquia.
Na China, primeiro mercado automotivo mundial, a Nissan bateu seu recorde com 1,27 milhão de unidades vendidas em 2013, uma progressão de 17,2%.
A Nissan é a marca japonesa número um na China, com uma participação de mercado de 5,9%. Entre as vendas da Nissan a Venucia, a marca chinesa local com seu parceiro DongFeng Motor.
Em dezembro 2013, a Renault anunciou a aprovação do governo chinês para iniciar a produção de carros na China em 2016, através de uma joint venture com a DongFeng. Esta joint venture se instalará na cidade de Wuhan, uma fábrica com capacidade para produzir 150.000 unidades por ano, podendo ser multiplicada por dois posteriormente.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email