27 de janeiro de 2022

Caso de ômicron acende alerta

An illustration picture taken in London on December 2, 2021 shows four syringes and a screen displaying the word 'Omicron', the name of the new covid 19 variant, and an illustration of the virus. (Photo by Justin TALLIS / AFP)

O Amazonas registrou, ontem, o primeiro caso importado da variante ômicron do coronavírus, que se originou na África e já se espalha pelo mundo. Uma paciente, de 27 anos, que veio de Fortaleza (CE) manifestou a doença, mas está com sintomas leves, segundo informou a SES-AM (Secretaria de Estado da Saúde do Amazonas) com base em dados da Fundação de Vigilância em Saúde. 

Trata-se de uma mulher brasileira que vive em São Paulo. Ela chegou a Manaus no dia 21 de dezembro, com sintomas gripais. Ao chegar na capital, realizou coleta no posto de testagem no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, testando positivo para Covid-19 e foi orientada para ficar em isolamento domiciliar durante 14 dias, disse a SES-AM.  A paciente tinha sintomas leves de tosse e coriza e com calendário vacinal completo, incluindo a dose de reforço. O governo reforça junto à população a necessidade de adesão às medidas de prevenção e cuidados básicos contra o coronavírus.

Concentrados

A contrário do que foi publicado, recentemente, em toda a imprensa de Manaus, a Fieam soltou uma nota esclarecendo que o decreto presidencial, de 30 de dezembro de 2021, sobre a TIPI (Tabela de Incidência do Imposto sobre Produtos Industrializados) não é prejudicial ao Amazonas, como muitas lideranças cogitavam e chegaram a alardear no Estado, principalmente a bancada amazonense no Congresso. Com base em dados técnicos feitos em conjunto com a Suframa, a entidade garante que está sendo mantida a alíquota de 80% para o setor.

Cotão

Depois dos 41 vereadores de Manaus, agora é a vez dos 24 deputados estaduais do Amazonas. Eles terão quase R$ 6 milhões a mais no Cotão, a chamada verba de gabinete, a partir deste mês. O aumento é de 20%. Cada parlamentar, terá R$ 123.600 para bancar suas despesas, principalmente num ano eleitoral. O reajuste foi autorizado pelo Tribunal de Justiça do Estado.

Facebook

O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), reagiu a um vídeo veiculado pelo WhatsApp em que é xingado de “bandido”, “genocida” e “chefe de organização criminosa”. Ele recorreu à Justiça do Estado para obrigar o Facebook a localizar e excluir a publicação que circula no aplicativo de mensagens. Lima também quer que a empresa aponte o autor do vídeo.

Secretariado

O prefeito David Almeida (Avante) deve fazer mudanças em seu secretariado. Depois de Israel Conte, que passou a ocupar a Secretaria de Comunicação no lugar de Emerson Quaresma, ele vai mudar também outros secretários. Os critérios serão com base nas recomendações dadas para cada pasta. E quem não atendeu à risca as orientações, será substituído literalmente, segundo fontes consultadas.

Pandemia

O Amazonas registrou 232.800 novos casos e 5.285 mortes no segundo ano da pandemia no Estado. São 31 mil contágios e 3.265 óbitos a mais que o total registrado em 2020. Os dados foram compilados da FVS-RCP (Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas Dra. Rosemary Costa Pinto). Infectologistas alertam que as autoridades de saúde e a própria população devem reforçar a vigilância contra a Covid-19.

Vacinação

A maioria da população é contra a exigência de prescrição médica para vacinar crianças de 5 a 11 anos contra a Covid-19. É o que dizem os dados que trazem opiniões dos brasileiros sobre a imunização de menores contra o coronavírus, uma campanha lançada pelo Ministério da Saúde. A pasta informou que até a primeira quinzena deste mês deverão chegar as vacinas para a vacinação desse grupo etário.

Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (PL) apresentou melhora clínica e não deverá ser submetido a uma cirurgia para desobstrução intestinal, segundo médicos que o atendem. Porém, ele continuará ainda em observação médica. Até ontem, Bolsonaro continuava despachando direto do hospital em que está internado em São Paulo. Não há previsão de alta.

Compras

Desde o último sábado (01), está valendo o novo limite de valor para as compras feitas no exterior – aumentou de US$ 500 para US$ 1.000, segundo determinação da Receita Federal. O reajuste vale para via aérea ou marítima. De acordo com o fisco, a cota de isenção de bagagens para viajantes que chegam ao Brasil de avião ou de navio não sofria modificação há mais de 26 anos. A nova portaria foi baixada para readequar valores.

FRASES

“Iniciamos um pacote de ações na cidade de Manaus”.

David Almeida (Avante), prefeito de Manaus, sobre novas obras na cidade.

“É importante que os brasileiros acompanhem o que está acontecendo na reforma trabalhista da Espanha”.

Luiz Inácio Lula da Silva (PT), ex-presidente.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email