Quando deparamos com supostos influenciadores que pouco reconhecem no cenário econômico a existência da forte presença da pandemia há mais de 18 meses; com certeza há má-fé na exposição dos fatos concretos. Compete a tais “experts” analisar com isenção de ânimos porque a verdade seja ela dura a quem quer que seja, deveria ser o dever impostergável destes. Não é o que vimos com frequência e agora novamente ao tentarem desvalorizar a existência de um crescimento, optando por se referirem ao que não fora feito e denegrindo todo o avanço nos vários setores, notadamente na infraestrutura como um todo; na produção de grãos, nas exportações etc. Mas sempre optam por afirmar que é pouco e que a Nação esse ano não retomará o nível de desenvolvimento anterior à pandemia. Sinceramente, é muita torpeza. Vão pinçar um aspecto pontual, mas não reconhecem que a indústria, a agropecuária e o setor de serviços cresceram mesmo diante do “isolamento social”; optando por se referir ao desemprego; acusando, ainda, o governo federal de mal administrar. Torçam contra ou deixem o Brasil para os brasileiros. Afinal, a estupidez faz parte dos medíocres.

Porém, temos para nós que não vivemos num ambiente de farra na política, muito menos na economia. Em que época o país não vivera num ambiente de conflitos?  Provavelmente só na época denominada “ditadura”, porque lá havia hierarquia e respeito. Não acreditar na recuperação ora sentida é ignorar os índices oficiais. Aliás, vários países começam a revisar seus métodos confiando sempre no setor produtivo. E, se o Presidente vem derrotando os inimigos e extinguindo a temeridade; além de ignorar os derrotados nas urnas que integram o STF, o Congresso e a parte da mídia é óbvio que dias melhores sempre virão. E, com a diminuição da pandemia advirá o progresso que nunca tivemos no lulopetismo. Assim, reconheçam que o programa de geração de emprego funcionara; estando a alavancar o setor produtivo que se recupera cada vez mais, afastando os derrotados nas urnas e seus maledicentes pensamentos. O que não funcionara fora o “Lockdown”.

Enquanto os manipuladores fracassados rezam para que o otimismo seja passageiro; os brasileiros de verdade reconhecem o momento de expectativas positivas e se colocam ao lado do Presidente. Nosso mundo é outro, ou seja, o do progresso e bem estar do povo. Vivemos outra realidade fulcrada na verdade e não no mundo dos ódios. Aliás, o circo vivenciado na denominada CPI da COVID é  a prova do fracassado revanchismo na vã tentativa de atingir um Presidente que não rouba  nem deixa roubar. Sejam mais honestos.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email