AIE diz que Opep deve aumentar sua produção

A Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo) deveria elevar o nível de produção de petróleo para aliviar a pressão de alta do preço, segundo o diretor-executivo adjunto da AIE (Agência Internacional da Energia), William Ramsay.
Em entrevista publicada na quarta-feira pelo jornal “Financial Times”, Ramsay afirma que a demanda de petróleo muito provavelmente se manterá “forte”, apesar da recente crise nos mercados financeiros. Segundo ele, US$ 70 por barril é um preço “alto demais” e representa uma ameaça para a economia mundial.
O comentário de Ramsay ocorre depois que o secretário-geral da Opep, Abdalla Salem El Badri, insinuou que a organização provavelmente não aumentaria o nível de produção na reunião ministerial de 11 de setembro, em Viena, segundo o jornal inglês.
Badri também sugeriu que as perspectivas poderiam estar mais claras na cúpula que será realizada em Abu Dhabi (Emirados Árabes Unidos), em 5 de dezembro, de acordo com o jornal. Antes da crise hipotecária nos Estados Unidos, os países consumidores de petróleo tinham a esperança de um aumento na produção no próximo mês.
A Opep teme que um resfriamento da economia mundial possa afetar a demanda, o que poderia levar a uma queda brusca nos preços se aumentasse a oferta de petróleo.
A organização lembra o ocorrido em 1997, quando decidiu aumentar a produção em 10% devido à crise financeira asiática.
O preço do petróleo caiu de mais de US$ 20 para US$ 12 em 1998 e para US$ 10 em 1999 por causa de uma recessão mundial e dois invernos no hemisfério norte com temperaturas amenas.
A AIE prevê um aumento na demanda de 1,3 milhão de barris diários este ano, dos quais 900 mil correspondem a países emergentes, como a China.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email