Agricultores do Estado podem contar com financiamento

A partir do início de 2008, todos os agricultores amazonenses terão acesso a financiamento em instituições bancárias. É o que prevê o fundo de aval anunciado, na quinta-feira, pelo vice-governador Omar Aziz, durante o encerramento do 1º Encontro de Trabalhadores da Agricultura Familiar do Amazonas.
No encontro, que contou com a participação de quase 800 agricultores de todo o Estado e é realizado pela Sepror (Secretaria de Estado da Produção Rural), Omar Aziz explicou que o fundo de aval vai garantir que o trabalhador tenha um “fiador” de confiança das instituições bancárias ao procurar um financiamento.
O fundo ainda deve ser encaminhado para apreciação da Assembléia Legislativa do Estado, mas já tem previsão inicial de um montante de R$ 6 milhões, que estão divididos entre recursos do Estado, da Suframa (Superintendência da Zona Franca de Manaus) e do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas).
A garantia aos agentes financeiros tem o objetivo de facilitar o acesso ao crédito pelos produtores que, porventura, não tenham documentação suficiente para um financiamento formal.
Outro fundo anunciado durante o encontro foi o de implementos agrícolas. Esse vai possibilitar que o agricultor tenha maior prazo na aquisição de equipamentos e não esteja sujeito a incidência de juros. A criação dos fundos foram algumas das medidas práticas acertadas durante o encontro.
Na terça-feira, o secretário estadual de Produção, Eron Bezerra, assinou dois termos de cooperação com órgãos governamentais. Um foi com o Ipaam (Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas), que garante agilidade na expedição de licença ambiental. Já o segundo, com o Iteam (Instituto de Terras do estado do Amazonas), vai acelerar a regularização fundiária dos terrenos de até três hectares.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email