AGF injeta R$ 9 milhões na economia do Mato Grosso do Sul este mês

O governo federal co­locou R$ 9 milhões à disposição da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) para a aquisição de milho e feijão por meio de AGF (Aquisição do Governo Federal) no mês de março.
O objetivo é garantir a comercialização do grão, que tem apresentado baixos valores de oferta no mercado. A estatal vai comprar o produto pelo preço mínimo, que atualmente é de R$ 16,50 a saca de 60 quilos.
Para conseguir o benefício, o produtor deve depositar o milho limpo, seco e classificado em armazéns credenciados pela Conab. Feito isso, deve procurar o Secom (Setor de Comercialização da Superintendência Regional da Companhia para concretizar a venda. O limite máximo é de 198 toneladas por produtor.
Segundo o gerente de Operações da Conab, Nilson Azevedo Marques, a AGF é um mecanismo que garante aos produtores o retorno financeiro do investimento em sua lavoura.
“A ação permite que o produtor seja indenizado quanto aos gastos referentes à classificação e impostos possivelmente recolhidos sobre o milho armazenado”, explicou.
O produtor rural da cidade de Chapadão do Sul e um dos agricultores que comercializa seu produto junto à Conab, Renato Burgel, garante que a injeção financeira chega em boa hora.
“A AGF é imprescindível para a manutenção dos preços no mercado interno. Se não fosse praticada, os preços possivelmente não chegariam a pagar sequer os custos da produção”, explicou.
O superintendente da Conab no Mato Grosso do Sul, Sérgio Rios, sintetiza que a ação resulta em benefício para o produtor e ainda propicia a recomposição do estoque regulador do país. “O objetivo é que a disponibilização dos recursos para a comercialização venha exatamente no momento em que o produtor mais necessita”.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email