Agência busca beleza amazônica

Mudar literalmente de modelo, ou de modelos. Está é a proposta do fotógrafo Paulo Costa em sua agência AF Models BR. A agência funciona desde o mês passado e já conta com uma equipe formada pelos primos de Costa, os fotógrafos Tom Firmo e Ruthy Costa e o cinegrafista e editor Ruan Souza. E para se diferenciar das demais que Paulo Costa investe no agenciamento de modelos dos mais variados tipos físicos, e não necessariamente aquelas já estereotipadas, magérrimas, com mais de 1,80 de altura.
A AF Models BR pretende valorizar a mulher amazônica, que em sua maioria mede em média de 1m65 a 1m70, contou o fotógrafo. “Dificilmente as garotas daqui serão aceitas por grandes agências para serem modelos fashion, porque não têm altura, mas para modelos comerciais elas são excelentes, bonitas, visual amazônico, mas não tinha ninguém explorando isso. Agora tem a AF Models BR”, adiantou.

Beleza tipicamente amazônica
De acordo com o fotógrafo, em Manaus, o que se vê atualmente são empresas mostrando os seus produtos sem um modelo, ou uma modelo que enriqueça ainda mais o anúncio. “O que se vê, muitas vezes, são pessoas colocadas diante da câmera, falando um texto, depois de termos um sem número de garotos e garotas com a nossa beleza regional, com talento, e sem chances de aparecer”, reclamou.
Recentemente Paulo e sua equipe promoveram um encontro com jovens que querem ser modelos. “Claro que aceitaremos garotas que desejam ser modelos fashion. Temos uma modelo na agência, a Camila Lins, com apenas 15 anos e 1m80 de altura, ou seja, já está talhada para as passarelas, mas o que vamos trabalhar são os modelos sem padrão. Nada de ser magérrima, de ser belíssima. Nada disso.
Queremos pessoas que queiram ser modelos. O resto é conosco”, garantiu.

Atualmente já fazem parte do grupo da AF Models BR, Rafael Braga, Paulo Vitor, Jhonatha Jenner, Tayse Lima, Waleska Renata e Jennifer Alves. “Ainda este ano vamos promover cursos tanto para modelos fashion quanto para modelos comerciais. Depois que estiverem preparados, como os que já estão conosco, aí eles participarão de comerciais para televisão; apresentando eventos; ou em desfile de modas, que também organizaremos em parceria com as lojas de confecções e acessórios. Quem estiver interessado pode nos procurar”, avisou.

Carreira ainda iniciando
Paulo Costa começou na fotografia ainda adolescente. “Aos 16 anos, com o salário que ganhava fazendo sanduíches numa lanchonete, comprei minha primeira máquina fotográfica e passei a fotografar como hobby. Aos 19, fiz um curso, mas não era bem o que eu queria.

Meu interesse era me especializar em moda e eventos”, disse o fotógrafo que hoje tem 21 anos.
Sem dinheiro para pagar um curso específico, até porque em Manaus tais cursos não são disponibilizados a todo instante, Paulo partiu para a maneira mais fácil, e de graça, de se aprender qualquer coisa hoje: os tutoriais na internet.

“Entrei no site eduk.com, de cursos online com os maiores experts do mercado e lá aprendi muito do que sei hoje”, falou.

Com o conhecimento adquirido, nem demorou para os trabalhos começarem a aparecer. “As pessoas dizem que não dá pra ganhar dinheiro fotografando. Claro que dá. Basta ser profissional”, afirmou.
O forte dos trabalhos de Paulo são os aniversários de 15 anos.

“Fotografo a aniversariante durante os ensaios para a festa, mas ela não pode ver as fotos.
Só a mãe pode ver. Quando chega o dia do evento, as fotos são exibidas no telão e todos os convidados ficam maravilhados.

Aí as outras garotas que estão lá, amigas da aniversariante, ficam ‘doidas’ querendo um trabalho igual”, riu.

Mercado sem crise
Apesar de nova, a empresas já é bem requisitada no mercado, o que faz com que a equipe se divida entre os vários eventos simultâneos.

Segundo Costa isso já os difere das demais agências. “Semanalmente temos serviços e, enquanto um vai para um evento, os outros vão para outros.

Diria que o diferencial de nossa equipe é exatamente sermos diferentes. Acima de tudo, somos profissionais e o que é ser profissional? É cumprir o que nos propomos fazer e fazer do jeito que o cliente quer”, ensinou.

De acordo com Paulo, o mercado de festas e eventos não vê crise.

“Meu carro chefe são os aniversários de 15 anos, depois vêm os ensaios pessoais (books), as formaturas e os casamentos e a agência está aberta para modelos de ambos os sexos”, finalizou.
Para mais informações sobre a agência e contatos para serviços, o telefone da AF Models BR é (92) 9 9515-8649.

Modelos entre o emprego e o hobby
Quem sempre teve o sonho de ser modelo, pode encontrar um caminho fora das passarelas.
A ideia que só os altos, magros e lindos tem uma chance nesta carreira está sendo desconstruída aos poucos. Abrangendo diversos setores, a publicidade precisa de todo tipo de perfil para campanhas fotográficas e comerciais em vídeo.

Responsável por encontrar novos talentos, Cynthia Michelly, da Parler Agência de Elenco, em Santa Catarina, procura pessoas com carisma e desenvoltura. As mais descoladas e engraçadas costumam ter mais trabalho do que o perfil clássico baseado apenas na beleza.

Cynthia já encontrou seus modelos na padaria, supermercado e, inclusive pelo Facebook. Este foi o caso de Luciano Bürger, de 19 anos. Seu perfil na rede social chamou a atenção da olheira, que o convidou para fazer um teste. Ele foi aprovado pelo cliente e fez suas primeiras fotos para uma campanha da Universidade do Vale do Itajaí. Bürger gostou do trabalho e acredita que pode ser útil para sua carreira como músico, mas não pretende seguir atuando apenas como o modelo.

O profissional pode seguir com o seu trabalho atual e modelar esporadicamente. “Tenho modelos executivos, médicos, dentistas e que adoram trabalhar com isso porque conseguem conciliar os horários”, explicou Cynthia. 

No eixo Sul e Sudeste o modelo recebe por trabalho realizado e os cachês variam em média de R$ 100, a R$ 4 mil reais dependendo da abrangência da veiculação. Em Manaus, os cachês variam de R$ 70, a R$ 150, a diária.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email