Advogadas que denunciaram “Kuka” recebem elogios

A coragem das irmãs advogadas Maria Suely Muniz da Silva e Mary Amélia Barros Muniz Tuma em denunciar que também foram vítimas de assalto e tentativa de estupro por parte do presidiário Artur Gomes Peres Júnior, o “Kuka”, repercutiu e foi elogiada em plenário pelo deputado Marcos Rotta (PMDB) que, da tribuna, salientou o quanto é importante o questionamento das mulheres dentro do espírito democrático. Ele chegou a apelar às autoridades competentes para que mantenham o acusado preso por um longo período, devido a sua alta periculosidade. A deputada Vera Lúcia Castelo Branco (PTB) sugeriu leis mais severas para esse tipo de crime.
Delegada da carreira, Vera Lúcia disse que os parlamentares e a população amazonense não devem se iludir com o período de permanência na prisão do acusado. Infelizmente, segundo a sua experiência, Artur Gomes Júnior, o “Kuka”, estará muito mais cedo nas ruas do que muitos pensam, em plena liberdade, para novamente cometer seus crimes. “Esse criminoso não vai mesmo cumprir pena integral por esses crimes. Não vai porque está amparado pelas leis brandas existentes no país!”, afirmou.
Segundo a deputada, as atitudes de “Kuka” podem também estar amparadas por uma sociedade complacente, que não tem coragem, através de seus representantes, de editar uma lei mais rigorosa como as que existem em algumas cidades norte-americanas que prevêem, inclusive, a castração em casos como os praticados por “Kuka”. “Na América do Norte, por exemplo, existem estados que penalizam esses indivíduos com a castração”.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email