Acusados de fraudar licitações na Saúde são presos no Amapá

A Polícia Federal prendeu 11 pessoas acusadas de fraudar licitações da Secretaria Estadual da Saúde do Amapá para comprar medicamentos.
Entre os presos está o ex-secretário Estadual de Saúde Abelardo da Silva Vaz. Outros três envolvidos no esquema também tiveram a prisão preventiva decretada pela Justiça Federal a pedido do Ministério Público Federal, mas estão foragidos. Na semana passada, o MPF denunciou 24 pessoas à Justiça Federal por participação na quadrilha.
Todos foram investigados na Operação Antídoto, da Polícia Federal. No oferecimento da denúncia, os procuradores pediram a prisão preventiva de 14 pessoas, mas a Justiça só autorizou na sexta-feira, e os denunciados foram presos no sábado.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email