Açúcar Guarani consolida resultado ­financeiro do trimestre com incremento

A Açúcar Guarani divulgou os resultados do terceiro trimestre da safra 2007/08 (referente aos meses de novembro e dezembro de 2007 e janeiro de 2008). Os números mostram um relevante crescimento do volume de cana-de-açúcar processada pelo grupo, com ênfase na produção de etanol, que teve um aumento de 158% em relação ao mesmo trimestre do ano passado.
Em um trimestre marcado pelas rápidas alterações de expectativas nos mercados internacional e nacional do açúcar e do etanol, com preços dos produtos ainda deprimidos, a companhia obteve um crescimento de 2% de receita líquida, comparado ao trimestre anterior e, no acumulado dos últimos nove meses, apresentou crescimento de 6,9% atingindo R$ 703,3 milhões.
O resultado líquido da companhia foi negativo em R$ 13,8 milhões no trimestre e R$ 40,8 milhões no acumulado do ano. Quando descontadas as despesas referentes ao lançamento das ações na Bovespa, as despesas não recorrentes e a amortização do ágio ­referente às recentes aquisições, torna-se um lucro líquido de R$ 18,9 milhões nos primeiros nove meses de 2007.
A diminuição de 11,9% dos custos unitários dos produtos vendidos, mediante redução de custos agrícolas (por volta de 22,7%), manutenção de custos industriais e também redução de despesas com vendas unitárias permitiu que a Açúcar Guarani obtivesse uma margem Ebitda ajustada de 17,1% no terceiro trimestre da safra 2007/08 e 18,4% nos primeiros nove meses do ano.

Produção
nacional

A Açúcar Guarani é uma das empresas-líderes do mercado brasileiro de açúcar, etanol e energia e ocupa a terceira posição entre os maiores processadores de cana-de-açúcar do Brasil.
Na safra 2007/2008, a indústria canavieira processou 12,7 milhões de toneladas de cana-de-açúcar. A empresa possui seis unidades industriais, sendo cinco no Brasil, na região Noroeste do Estado de São Paulo e uma em Moçambique, na África.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email