Acordo sobre ajuda à Grécia é condição para uma cúpula, avalia Angela Merkel

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, afirmou nesta quinta-feira, 14, que os países da Zona do Euro não devem realizar uma cúpula emergencial até que estejam preparados para aprovar um acordo para resolver a crise de dívida da Grécia.
“Em relação a uma possível cúpula do euro e chefes de governos e Estados, eu acho que uma precondição seria nós estarmos em posição para tomar uma decisão e finalizar o programa para a Grécia”, disse Merkel a jornalistas durante uma visita à Nigéria.
“Mas você sabe que todos estão trabalhando duramente para garantir que isso aconteça. Os ministros de Finanças têm deixado claro que estão tentando fazer isso o mais rapidamente possível”, acrescentou a chanceler.

Reunião

Até o fechamento desta edição, o presidente da União Europeia, Herman Van Rompuy, estava tentando marcar uma reunião de emergência dos 17 líderes da Zona do Euro para esta sexta-feira, 15, em uma tentativa de resolver o impasse sobre um segundo pacote de ajuda para resolver o problema da dívida da Grécia.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email