Acesso a internet ainda é baixo na região

Enquanto o Sul do país tem 16,9% e o Sudeste 18,74%, a região Norte possui apenas 6,15% de domicílios com acesso à internet. A informação é do secretário- executivo da Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Econômico do Estado do Amazonas, José Marcelo de Lima Filho, externada na tarde de ontem durante a audiência pública “Programa Amazonas Digital e Sua Extensão à toda Região Amazônica”.
O evento foi realizado pela Caindr (Comissão da Amazônia, Integração Nacional e de Desenvolvimento Regional), presidida pela deputada Vanesssa Grazziotin (PCdoC-AM), no Plenário 14, da Câmara dos Deputados Federais. Atendeu a requerimentos dos deputados Carlos Souza (PP-AM), Márcio Junqueira (DEM-RR), Henrique Afonso (PT-AC) e Fátima Pelaes (PMDB-AP).
José Marcelo Filho pediu apoio dos parlamentares para uma ampla sensibilização do poder executivo para a mudança do quadro de exclusão digital na Amazônia. Disse que o Programa Amazonas Digital é uma forma de abreviar os caminhos da inclusão digital. “O custo pode ser medido pelos benefícios que significam resgate de cidadania”, ressaltou.
O secretário do Comitê Estadual de política de Informática do Estado do Amazonas, Antônio Iran Gadelha, apresentou o programa Amazonas Digital, ressaltando os maiores problemas enfrentados como a distância geográfica.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email