15 de abril de 2021

Abril obtém R$ 371 mi em IPO

A Abril Educação, empresa do grupo Civita detentora de editoras e cursos preparatórios para vestibulares e concursos públicos, obteve pouco mais de R$ 371 milhões em sua oferta pública inicial de ações (IPO, em inglês), cujo preço por papel ficou abaixo do previsto.
A operação envolveu 18.556.702 units –certificados compostos por uma ação ordinária e duas preferenciais– em emissão primária e secundária. A unit saiu a R$ 20, totalizando R$ 371,134 milhões, enquanto a faixa de preço que constava no prospecto preliminar era de R$ 1,75 a R$ 26,75 por papel.
Lotes suplementar e adicional com, respectivamente, 2.783.505 e 3.711.340 units, não foram exercidos. Inicialmente, a operação poderia ter levantado R$ 670 milhões considerando o valor máximo da faixa estimada pelos coordenadores e o exercício de todos os lotes.
A operação foi coordenada pelos bancos Credit Suisse (líder), JPMorgan, Itaú BBA e Bradesco BBI.
Na última quinta-feira, 21, quando estava prevista a precificação das units da companhia, o IFR, um serviço da Thomson Reuters, informou que as reservas para a oferta da empresa estavam sendo feitas abaixo do intervalo de preço sugerido e que os valores estavam próximos a R$ 20.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email