Aberta temporada de pesca no Careiro Castanho e Autazes

Atenção, pescadores. Está aberta a temporada de pesca esportiva nos lagos do Careiro Castanho e Autazes. As inscrições para o 1º Torneio de Pesca Esportiva da Associação dos Hoteleiros do complexo Mamori, Juma, Tracajá e Maçarico já podem ser feitas. O Torneio acontecerá nos dias 4 e 5 de dezembro, sábado e domingo, respectivamente.

Ainda pouco conhecida e visitada pelos manauaras, essa região do Amazonas é belíssima, com rios e lagos que se confundem em meio à floresta quase intocada. 24 pousadas ecológicas e hotéis de selva formam o complexo e agora, pela primeira vez, se reúnem na organização do Torneio.

“Eu já organizei dois torneios de pesca tendo como base o meu hotel Amazon Boto, localizado no rio Juma, mas agora resolvemos unir forças para que o evento ganhe proporções locais e, quem sabe, nacionais e até internacionais. Com isso também abrangemos as pousadas e hotéis de selva que estão localizados nos lagos Tracajá e Maçarico”, falou Irene Lelis Martins, organizadora do evento.

 “Eu já organizei dois torneios de pesca tendo como base o meu Hotel Amazon Boto, localizado no rio Juma” – Foto: Divulgação

O Mamori, que faz parte do complexo hoteleiro, é o paraná pelo qual se atinge o rio Juma e os lagos Tracajá e Maçarico.

Localizados numa das mais belas e preservadas regiões da Amazônia, o rio e os lagos onde acontecerá o Torneio se destacam pela infinidade de opções para o turismo de natureza e pesca esportiva. Todos oferecem uma diversidade de espécies de peixes para esta prática, mas para o evento de dezembro, a única espécie aceita será o amazônico tucunaré, sem dúvida um dos peixes de água doce que mais atraem pescadores em todo o mundo. Nas águas do Careiro Castanho e Autazes podem ser encontradas inúmeras variedades do peixe como: tucunaré borboleta, tucunaré paca, tucunaré amarelo e o grande tucunaré açú. Entretanto, esses são apenas os mais cobiçados por conta da intensidade da coloração, mas é possível encontrar mais de uma dezena de outras variações da espécie.

Legião de empregados

Irene revelou que os 24 empreendimentos hoteleiros integrantes do complexo, empregam uma legião de moradores da região.

“Cada estabelecimento desses precisa de guia, piloteiro, recepcionista, garçom, cozinheira, arrumadeira e camareira. Empregam de dez a 30 funcionários, dependendo do tamanho da pousada ou hotel, e o mais interessante, são moradores daqui mesmo, que geram renda para a região, por isso é importante que, além dos turistas nacionais e internacionais que se hospedam aqui, os manauaras também o façam, até porque para quem mora em Manaus os preços das diárias têm desconto”, informou.

O principal objetivo do 1º Torneio de Pesca Esportiva da Associação dos Hoteleiros é tornar mais visíveis os empreendimentos do Careiro Castanho e Autazes, fomentando a economia local, pois durante os dois dias de pesca, os pescadores ficarão hospedados nas pousadas e hotéis que desejarem, podendo permanecer no rio e nos lagos onde estão localizadas as respectivas pousadas ou hotéis, ou seguir para as outras duas áreas destinadas ao Torneio.

Serão aceitas até 100 equipes, cada uma formada por dois pescadores mais um piloteiro, sendo que o piloteiro não poderá pescar com a dupla. Se o pescador não quiser formar dupla, poderá pescar sozinho, apenas com o piloteiro que, também neste caso, não poderá pescar.

Cada equipe deverá arcar com suas despesas: diárias na pousada ou hotel, comida e bebida, bote, combustível e piloteiro, e demais gastos.

É indispensável que os pescadores tenham celular para fotografar o peixe na hora da medição, e balança para a pesagem. Também precisam estar vestidos com a camisa do Torneio. É necessário possuir a carteira de pescador.

Premiação dos panemas

Amazon Mureru será uma das bases no Torneio, no lago Tracajá

“A inscrição da dupla é de R$ 300, e termina no dia 26 de novembro. Nos dois dias a pesca começará a partir das 7h, na boca do Juma. No primeiro dia encerrará às 16h; e no segundo, às 13h, ambas as vezes no Amazon Arowana Lodge”, detalhou.

A parte mais divertida do Torneio, além da pesca dos tucunarés, será a premiação. Do 1º ao 10º lugar, todos ganharão troféus de participação no evento. Quem fisgar o maior peixe, leva R$ 5 mil para casa, enquanto quem conseguir puxar o tucunaré mais pesado, ganha R$ 3 mil.

“E os panemas não precisam se preocupar. Haverá uma premiação especial para eles”, adiantou.

Ainda terá o prêmio dos prêmios, que será sorteado entre todos os pescadores, independente de suas atuações: um bote plataforma Titã acompanhado de um motor de popa de 30 HP, patrocinado pela prefeitura do Careiro, secretaria de Turismo e Sepror (secretaria de Produção Rural).

“O Torneio tem por finalidade, inicialmente, promover a confraternização entre os participantes, mas principalmente divulgar a abertura da pesca esportiva na região do complexo dos lagos Tracajá e Maçarico, e rio Juma, para tornar esta região um pólo de atração de turistas ecológicos e pescadores esportivos de todo o mundo”, finalizou Irene.

Informações e solicitação do regulamento: 9 9213-5131.

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email