3 de dezembro de 2021

Estados do Norte brasileiro receberam apoio do Ministério do Turismo (MTur), para expor  roteiros turísticos durante o mega evento Abav Expo & Colab 2021, realizado em Fortaleza (CE) no período de 6 a 8 de outubro. Os orgãos estaduais de turismo apresentaram proposta em grupo, o que irá fortalecer o setor em toda a região. 

Rotas Amazônicas Integradas são case na Abav 

A palestra “Um norte para o turismo: as Rotas Amazônicas Integradas” trouxe informações sobre o projeto, que trabalhará o desenvolvimento integrado envolvendo produtos ligados à pesca do Acre, Amazonas, Amapá, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. O projeto uniu os sete estados do Norte do país em prol da promoção de atrativos turísticos e da pesca esportiva na região.

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, destacou a importância da união entre os estados brasileiros. “Sabemos do nosso potencial e precisamos unir forças para que esse potencial se torne realidade. As Rotas Amazônicas Integradas são um bom exemplo de como os nossos destinos podem se desenvolver e impulsionar o turismo nestas regiões”, destacou.

Em maio deste ano, o secretário nacional de Desenvolvimento e Competitividade do Turismo do MTur, William França, participou da assinatura da Carta do Turismo da Amazônia, em Roraima. Além da criação das Rotas Amazônicas Integradas, o documento previa a elaboração de um calendário de eventos híbridos (presenciais e virtuais) da região para apresentar os segmentos prioritários de cada estado.

Pesquisa aponta o Amazonas como meta do turista paulista

O secretário-executivo de Turismo e Viagens do estado de São Paulo participou da Abav Expo & Coalab 2021, realizada em Fortaleza (CE) e compartilhou o resultado de uma pesquisa que foi realizada para identificar se o turista paulista teria preferência em viajar   para cidades vizinhas no estado, após a retomada do turismo paulistano, resultado da vacinação em massa.

Nessa primeira pesquisa, o resultado demonstrou uma nova tendencia de mercado para os turistas de São Paulo, considerando que o avanço da vacinação no estado sgnificou um grande avanço no consumo de viagens em todo o Brasil.

O levantamento  feito pelo Centro de Inteligência e Economia do Turismo (CIET), da Secretaria de Turismo e Viagens do Estado (Setur-SP), os paulistas lideram as estatísticas de consumo e impacto econômico nos estados de Alagoas e Rio Grande do Norte, por exemplo.

O levantamento considerou dois grupos de informação: número de viajantes e faturamento. São Paulo é o principal exportador de turistas para nove estados brasileiros: Bahia, Ceará, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte. Já no volume de gastos, os paulistas lideram em 17 estados e no Distrito  Federal: Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul,  Minas Gerais, araíba, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande d Norte, Rio Grande do Sul e Rondônia.

Na análise de dados, com mais de quatro mil entrevistas descobruiu-se que 55% dos paulistas desejam viajar em 2021/22 para destinos brasileiros, mas não identificado para onde. Esse resultado sinaliza um trabalho que deveria ser realizado por esses estados brasileiros preferenciais do turista de São Paulo.

Um passeio de triciclo pelo centro da cidade mostra a história dos casarões e monumentos cenenários e são programas obrigatórios – Foto: Divulgação

Parintins comemora 169 anos com musicalidade

Parintins é a cidade mais cultural e turística do estado do Amazonas, com seus 110 mil habitantes, está localizada na margem direita do caudaloso Rio Amazonas, no arquipélado das Ilhas Tupinambaranas, a 369 quilômetros de Manaus. 

Esta ilha é conhecida mundialmente por sua cultura dos Bois-Bumbás Caprichoso e Garantido está completando nesta sexta-feira, 15 de outubro, 169 anos de história e representa o maior pólo comercial do estado depois de Manaus.

Também conhecida por ser a cidade com o maior número de artistas e artesãos por metro quadrado, a Ilha do Folclore começou os festejos desde ontem com programações musicais ao ar livre, mas ainda cumprindo todos os protocolos de saúde contra Covid-19. Para acesso aos shows no centenário Mercado Municipal e no palco acústico da Praça Cristo Redentor, o comitê de saúde exigirá a apresentação da carteira de vacinação.

Culinária

O peixe é a base da alimentação do parintinense, embora valorize mais o peixe com escamas num leque de opções com mais de duas mil espécies de peixes. Portanto a sua gastronomia oferece opções inigualáveis de pratos com predominância indígena, alem da influência portuguesa. Além das frutas tropicais e exóticas de sabor marcante que afloram da rica natureza amazônica. 

Por toda a cidade o visitante encontra praças de alimentação com opções para todos os gostos.

Atrativos

Em qualquer época do ano há muito que ver e fazer além do espetáculo dos bois. Entre os roteiros regionais estão o banho no rio Uiacurapá, o passeio pelo Lago Macurany que é bastante frequentado pelos adeptos dos esportes náuticos, um passeio no Baleário Canta Galo, a compra de artesanato indígena e folclórico e um drink na orla da cidade que possui dezenas de opções

Quem visita a região a partir de setembro, se depara com as praias de areias brancas e águas escuras formadas pela vazante dos rios, além da prática da pesca esportiva com vários exemplares encontrados nos rios e lagos piscosos da região.

Tradição

Por todos os cantos da cidade a história de Parintins é contada através de seus monumentos e casarões de família e povos tradicionais,  e dos antigos moradores que contribuíram com o desenvolvimento da cidade, como as famílias Cohen, Assayag, Mendes, Abecassis, Maia, Faria, Belém, Kimura, dentre outras. 

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email