Abacaxi de Novo Remanso chama atenção de mestrandos do INPA

Uma equipe de mestrandos vai conhecer de perto a produção de abacaxi do Distrito de Novo Remanso, município de Itacoatiara. Eles fazem parte do curso de ciências agrárias do – Inpa (Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia). A iniciativa se deve a grande produção da fruta que hoje é de 33 milhões de frutos, o que torna o Distrito uma referência no Estado do Amazonas.
Na programação dos estudantes constam visitas em cinco propriedades rurais onde a fruta é cultivada. Segundo a gerente da Unidade Local do Idam, Michelle Duarte, por ocasião da visita o Idam vai orientar os mestrandos, por meio de palestras, sobre a produção integrada do abacaxi. Também serão feitas Demonstrações de Métodos sobre o cultivo da fruta e visitas nas duas agroindustrias existentes: a Ascope, localizada na vila do Engenho e a Uni-fruit, na vila de Novo Remanso. A cada ano a produção do abacaxi aumenta em torno de 30 por cento.
A cultura envolve mais de seiscentos produtores rurais que utilizam 1.200 hectares para o plantio da fruta. A visita é considerada de grande relevância porque possibilita aos estudantes unir a teoria com a prática. Para o Idam, a iniciativa vai servir para estreitar parcerias entre a pesquisa, o ensino e a extensão rural com o objetivo de adotar novas tecnologias visando melhorar o cultivo do abacaxi e a qualidade de vida dos agricultores familiares.
Produtores do distrito de Novo Remanso participaram do Seminário sobre Produção Integrada do Abacaxi, que aconteceu nos dias 14 e 15 deste mês no auditório Belarmino Lins da Assembléia Legislativa do Estado. A participação deles é de grande importância, principalmente porque a partir do evento eles pretendem melhorar ainda mais a produção. “A ideia é monitorar o cultivo, garantindo a qualidade dos produtos, a competitividade e a sustentabilidade agropecuária da região”, finalizou Michelle.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email