18 de maio de 2021

A Ufam que queremos para os próximos 4 anos

Dada a importância que a Universidade Federal do Amazonas tem para toda a nossa região e para o Brasil em seus 112 anos de existência (uma vez que ela foi a primeira instituição de ensino superior do País, oriunda da Escola Universitária Livre de Manáos) a escolha do mandatário maior da UFAM merece um destaque e atenção mais que especiais, não só de quem faz parte diretamente da comunidade universitária, mas de toda a sociedade amazonense também, uma vez que a centenária Universidade exerce um papel de fundamental relevância na defesa de uma educação pública, gratuita e de qualidade.

A história da Instituição se mistura com a própria história do Estado do Amazonas. Presente em municípios estratégicos da região amazonense, ela oferece cursos muito bem conceituados, estando geralmente em posições de destaque tanto no ensino quanto na pesquisa e na extensão; essas 3 vertentes indissociáveis que formam o tripé de princípios de atuação da Universidade, conforme preconiza a Constituição Federal, em seu Artigo 207. Grande parte dos profissionais que atuam no Estado ou até em outras localidades são egressos da UFAM. E neste ano, 2021, é o período em que se dá a Consulta à Comunidade Universitária para a escolha do novo Reitor e Vice-Reitor para os próximos 4 anos de gestão. O Reitor é o administrador máximo da Universidade. Professores, Técnicos e Alunos tem a prerrogativa do voto. 

E este ano especificamente, em virtude da pandemia, o processo de votação está sendo feito de forma 100% remota, por meio do Sistema Aberto de Eleições Eletrônicas (SAELE). O primeiro turno se deu nos dias 10 e 11 de março. E a Chapa 33 (que tem como titulares o professor e reitor licenciado Sylvio Puga e a professora Therezinha Fraxe) ficou em primeiro lugar na preferência do público da Universidade e vai disputar o segundo turno. A nova votação está marcada para os dias 24 e 25 de março (quarta e quinta-feira). 

Eu, particularmente, sou formado pela UFAM e também sou Pesquisador de Inovação e Tecnologia na mesma. E desde o dia em que cheguei à Universidade sempre procurei me posicionar em todo o processo eleitoral, pois entendo que como cidadão não posso me omitir em nenhuma ocasião, seja na política geral ou na política universitária. É preciso pesquisar, conhecer e acompanhar o processo para que se possa tomar a decisão mais coerente, lúcida e baseada em fatos, com conhecimento de causa. E neste novo pleito não será diferente.

Sendo assim, eu, Lisandro Mamud, reafirmo o meu apoio pleno ao Professor Sylvio Puga, titular na Chapa 33 e candidato à reeleição, tendo como candidata à vice-reitora a Professora Therezinha Fraxe. E faço questão de fazer este REGISTRO PÚBLICO DE APOIO, pois tenho a total convicção de que precisamos optar sempre pela melhor opção para a comunidade. E neste âmbito, é fato notório e comprovado que a gestão do Professor Puga ao longo dos últimos 4 anos trouxe uma nova e positiva realidade à nossa UFAM. Nosso atual reitor Sylvio Puga jamais abriu mão dos seus princípios e valores no exercício de sua função.

É de conhecimento e reconhecimento público que o Professor Sylvio Puga é uma pessoa que tem como base de vida e atuação a ética, retidão, a honradez, a capacidade de diálogo, o respeito a todos e o firme compromisso com a coisa pública e com a vida. Durante este período à frente da Universidade, a UFAM teve grandes conquistas; uma delas, de forma inédita, foi o conceito 4 em uma escala que vai de 1 a 5 no Índice Geral de Cursos (IGC), em que são avaliadas as instituições de ensino superior, públicas e privadas, de todo o Brasil. Isto elevou a Universidade a um patamar conceitual até então jamais alcançado. E o próximo objetivo da Gestão Puga é chegar ao nível máximo, de nota 5.

Não podemos nos omitir e nem apostar no escuro. A UFAM PRECISA CONTINUAR AVANÇANDO por meio de uma gestão segura e certa, que coloca à vida da comunidade em primeiro lugar. Por isso, conclamo a todos os colegas servidores e discentes para que se posicionem por meio do voto de maneira consciente, livre e com base na verdade dos fatos. É preciso ter Experiência para decidir e coragem para fazer! Por isso, nos dias 24 e 25 de março, VAMOS VOTAR 33 – PUGA E TECA FRAXE! 

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email