15 de abril de 2021

A importância da Qualificação da Mão-de-Obra

Com o aquecimento da economia mundial e a posição de destaque que o Brasil tem alcançado, muitas empresas que não possuíam um processo formalizado de Logística estão percebendo a necessidade em melhorar, ou implantar procedimentos de gestão e de procedimentos logísticos. Para isso, precisam contratar profissionais aptos capazes de encarar o desafio.
Seja na área de transportes, estoque ou administração de suprimentos, o mercado busca profissionais qualificados e com experiência para resolver os mais diversos tipos de problemas e com rápidas respostas. Mas uma dúvida pode surgir: o que caracteriza um profissional qualificado? Como identificá-lo?
Em primeiro lugar, é necessário conhecer qual o nível do seu projeto, ou seja, se voce adotará medidas e ações mais superficiais ou açòes mais profundas em sua organização. Isso determinará qual o nível de abordagem e profundidade que sua equipe desempenhará na elaboração de soluções. Dessa forma voce identifica o nível de estudo e conhecimento que seu profissional ou sua equipe deverá ter.
Os níveis de estudo são os convencionais, ou seja, o nível técnico/tecnólogo, o nível suoerior em instituições qualificadas (em Logística, já é aceito registro junto ao Conselho Regional de Administração em alguns Estados do Brasil). Depois, temos a graduação “tradicional”, seguida dos diferentes níveis de pós-graduação: MBA/Especialização, Mestrado e Doutorado.
Hoje em dia, apenas a graduação não é mais suficiente para garantir um bom desempenho em sua organização. É importante que o profissional tenha adquirido experiência no ambiente de processo administrativo e operacional, pois isso somado aos conhecimentos conceituais adquiridos em seus estudos, o qualificará para um bom desempenho. É importante que essa experiência esteja aliada à formação continuada, buscando sempre aprimoramentos por meio de cursos extras que possam complementar seu aprendizado. Muitas pessoas buscam nos cursos de pós-graduação esse tipo de formação e essa é uma excelente escolha. Em caso de sua empresa precisar elaborar um projeto de solução para ela ou para seus clientes, agregue aos conhecimentos acima do profissional, também seu senso organizacional, sua visão na busca de alternativas sensatas e um bom espírito empreendedor e de criação. Sem essas qualificações, seu profissional apresentará poucas alternativas de melhorias.
Pode-se melhorar, pois seja com um MBA/Especialização ou mestrados acadêmicos e profissionais, os profissionais encontram nos cursos de pós-graduação diversas vantagens: conteúdo atualizado e professores qualificados; ambiente motivador e turmas normalmente pequenas, o que aumenta a interação entre alunos e professores e, por fim, mas não menos importante, uma excelente rede de contatos. São também profissionais da área, que se interessam pelos mesmos temas, com experiências e histórias diferentes, além de um background em diferentes empresas.
Existem muitos cursos de gestão e logística, e cada vez mais as instituiçòes estão oferecendo alternativas para diferentes níveis e especializações nessa área. A procura têm sido grande e as ofertas também.
É muito importante e essencial manter-se atualizado com o que acontece no mundo da gestão e da Logística. Diversos artigos e matérias sempre trazem notícias relativas a essa área. Temos no Brasil algumas boas revistas dedicadas exclusivamente a Logística e também bons livros que o profissional pode constantemente atualizar-se e onde se encontrará sempre dicas e textos interessantes.
Assim, aliando formação, experiência e vontade de conhecer cada vez mais, o profissional estará pronto para ir em busca do sucesso em sua carreira e conquistar bons resultados para sua empresa. E aqui vale comentar que experiência não se refere a repetição do que ele fez 10 ou 20 anos atrás, e sim ao acúmulo de conhecimentos adquiridos em diversas situações e momentos diferentes.
Um erro que constantemente se verifica nas empresas é aquele profissional que pouco conceito adquiriu e se considera apto a desenvolver estudos e projetos. O resultado disso não será nada interessante, pois considerando que Logística é uma área em constante desenvolvimento e que há uma carência ainda grande de uma cultura organizacional no “DNA” das organizações, é necessário um aprendizado contínuo para que o aprimoramento se consolide nos resultados.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email