Este Jornal do Commercio já noticiou em suas páginas, ao longo de 116 anos de história, vários acontecimentos retumbantes, incluindo guerras e surtos de doenças. Por isso mesmo entendemos que em momentos como este que estamos vivendo – da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) – tudo o que não pode acontecer é uma intensa disputa política.

Nesta hora em que a população pede socorro, acossada por um inimigo que jamais imaginou enfrentar, todos os esforços devem ser concentrados para afastar o mais cedo possível de nossas cidades e do nosso Estado este mal contra o qual ainda não sabemos exatamente que remédio funciona.

Muito além das disputas políticas, o que deve ser prioridade neste momento é o somatório de esforços para atender a quem precisa.

Nunca é demais lembrar que, além dos pacientes acometidos do novo coronavírus (Covid-19), continuam precisando de leitos os cardíacos, os diabéticos, os portadores de câncer, os hipertensos, os tuberculosos, os acidentados, enfim, todos os que sempre demandaram atendimentos.

Também vale ressaltar que a população precisa ouvir uma voz única, com palavras de ordem que orientem sobre o melhor comportamento neste momento.

Disputas políticas neste momento apenas concentram energia no que não é prioritário, irritam a população e consomem um tempo precioso, que poderia estar sendo usado para construir soluções.

União é a palavra de ordem. É por meio dela que vamos conseguir respiradores, máscaras, álcool, leitos e tudo o mais necessário para o correto enfretamento do único inimigo que temos hoje: um vírus que não sabe ao certo como surgiu nem quem o espalhou.

Vamos juntos vencer mais esta guerra!

Fonte: Redação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email