37 mil empresas entregaram Declaração Econômico-Fiscal na Amazônia

O balanço da Receita mostra que no Pará foram entregues 16.925 declarações, no Amazonas 8.619, em Rondônia 7.208, no Acre 2.390, em Roraima 1.507 e no Amapá 1.244

A Receita Federal do Brasil recebeu, nos seis Estados que compõem a 2a. Região Fiscal, 37.893 Declarações de Informações Econômico-fiscais da Pessoa Jurídica – DIPJ 2010 até meia-noite de 30 de julho, data de encerramento do prazo para a entregue do documento sem o pagamento de multa por atraso.
O balanço da Receita mostra que no Pará foram entregues 16.925 declarações, no Amazonas 8.619, em Rondônia 7.208, no Acre 2.390, em Roraima 1.507 e no Amapá 1.244.
A pessoa jurídica que perdeu o prazo ainda pode apresentar a declaração, mas terá que pagar uma multa que varia de R$ 500,00 a 20% do valor do montante do imposto informado na declaração, vale o que for maior. As declarações com incorreções ou omissões também estão sujeitas a multas de R$20,00 por grupo de dez informações incorretas ou omitidas. A Receita lembra que a partir deste ano é obrigatória a apresentação da DIPJ por meio de certificação digital.
Para aqueles contribuintes que não possuem o certificado digital é possível a utilização da procuração eletrônica, uma funcionalidade que permite que o procurador, com certificado digital válido, transmita a declaração em nome da empresa.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email