20 mil receberão a restituição do IRPF

A Receita Federal liberou, nesta segunda-feira (10), a consulta ao 1º lote do exercício de 2013 (ano calendário 2012) e aos lotes residuais de 2012 (ano calendário 2011), de 2011 (ano calendário 2010), de 2010 (ano calendário de 2009), de 2009 (ano calendário de 2008) e de 2008 (ano calendário de 2007).
Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na Internet (http://www.receita.fazenda.gov.br).
No Amazonas, 19.702 contribuintes receberão, no próximo dia 17, em suas contas bancárias informadas na declaração, um montante de R$ 30.936.316,32.
Para o exercício de 2013, serão creditadas restituições para um total de 19.387 contribuintes, totalizando R$ 30.201.861,60, já acrescidos da taxa selic de 1,60 % (maio de 2013 a junho de 2013). Para o exercício de 2012, serão creditadas restituições para um total de 173 contribuintes, totalizando R$ 465.588,90, já acrescidos da taxa selic de 8,85 % (maio de 2012 a junho de 2013).
Quanto ao lote residual do exercício de 2011, serão creditadas restituições para um total de 97 contribuintes, totalizando R$ 172.102,92, já acrescidos da taxa selic de 19,60% (maio de 2011 a junho de 2013). Com relação ao lote residual do exercício de 2010, serão creditadas restituições para um total de 23 contribuintes, totalizando R$ 72.280,35, já atualizados pela taxa selic de 29,75% , (maio de 2010 a junho de 2013).
Já para o lote residual do exercício de 2009, serão creditadas restituições para um total de 21 contribuintes, totalizando R$ 24.342,30, já atualizados pela taxa selic de 38,21% , (maio de 2009 a junho de 2013). Referente ao lote residual de 2008, será creditada a restituição para apenas um contribuinte, que receberá R$ 140,25, já atualizado pela taxa selic de 50,28%, (maio de 2008 a junho de 2013).
A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la por meio da Internet, mediante o Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Declaração IRPF.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email