“Governo precisa implantar uma política de ‘Inclusão Digital’

A ausência de uma Política de Estado de Inclusão Digital e Acesso à Banda Larga foi destaque na audiência pública que discutiu o serviço de Internet Banda Larga no Amazonas. Para o gerente regional da Anatel, José Gomes Pires, o Governo tem papel decisivo na melhoria da infraestrutura de acesso à internet no Estado. “O governo do Amazonas precisa interagir mais nesse processo, buscando, inclusive, uma reserva própria de cabos de fibra ótica”, destacou. De autoria do deputado estadual Luiz Castro (PPS), a audiência também discutiu a política das empresas em relação à expansão e à diminuição dos custos de acesso à internet no Amazonas.
“O linhão do Tucuruí será a grande promessa para a melhoria do sistema ótico do Amazonas. Nesse sentido, o governo do Estado precisa estudar o edital de licitação dos 24 cabos de fibra ótica”, disse Castro, ressaltando que o governo Federal prevê a participação de apenas uma empresa no processo licitatório – o que mais tarde poderá caracterizar um monopólio no serviço de internet no Amazonas. Para tratar da integração no processo de melhoria do serviço de internet, uma reunião será agendada com representantes da Seplan, SECT, Prodam, prefeitura, operadoras e deputados federais e estaduais.
O gerente de operações da Embratel, Antonio Victor, destacou o alto custo operacional da empresa no Estado, principalmente devido à falta de infraestrutura. “O mercado está aberto, mas a ausência de uma infraestrutura adequada contribui para que outras operadoras não se instalem no Amazonas”, disse. Segundo a gerente institucional da Oi, Vania Antonaccio, a empresa tem a intenção de discutir com o governo do Estado parcerias público-privadas para a melhoria do serviço de Internet Banda Larga. “Nós estamos abertos ao diálogo”, garantiu.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email