“A ZFM é nossa moeda de ouro”, afirma Omar Aziz

Falando ao Jornal do Commercio durante o lançamento do pacote ambiental, na Assembleia Legislativa, o governador Omar Aziz fez questão de esclarecer sua posição com relação ao meio ambiente, que ele reconhece hoje como uma das prioridades máximas do País

Falando ao Jornal do Commercio durante o lançamento do pacote ambiental, na Assembleia Legislativa, o governador Omar Aziz fez questão de esclarecer sua posição com relação ao meio ambiente, que ele reconhece hoje como uma das prioridades máximas do País, tendo em vista os projetos em andamento em função da Copa do Mundo de 2014 e da evolução tecnológica que exige o aperfeiçoamento do parque industrial da Zona Franca de Manaus.
Segundo o governador, o meio ambiente está relacionado diretamente aos projetos direcionados à Copa e ao futuro do Estado, “porque tudo que fazemos em termos de governo é no sentido de não poluir, de preservar a natureza”. Por isso, ele enfatiza a determinação do governo estadual de levar em frente o projeto do monotrilho como o transporte ideal para Manaus em 2014 e para o futuro, representando investimento da ordem de R$ 1,5 bilhão.
Ao mesmo tempo, Omar Aziz acentua seus esforços, ao lado da bancada federal do Estado, para fazer prevalecer os interesses da ZFM em Brasília diante das investiduras de Estados como São Paulo e Bahia na guerra para produzir tablets. Ele explica que a luta é necessária para preservar a ZFM “e para proteger um parque industrial que é limpo e que, inclusive, serviu como principal bandeira para firmar nossa posição à presidente Dilma Rousseff na questão da MP dos tablets, temos a nossa floresta em pé e um Distrito Industrial que não polui e que é uma moeda de ouro, portanto”.
Para Omar, o perfil do seu governo, quanto ao meio ambiente, ficou claro para as outras regiões do País e para o mundo com o lançamento do pacote ambiental que inclui a Lei do Programa de Regularização Ambiental de Propriedades Rurais (CAR/AM) e a Lei do ZEE (Zoneamento Ecológico Econômico) da Sub-Região do Purus, além do Decreto de Eficiência Energética e o Decreto de Subvenção da Borracha. Esse elenco de medidas se junta a outros bons exemplos sobre o meio ambiente como a Lei Estadual de Mudanças Climáticas, Conservação Ambiental e Desenvolvimento Sustentável do Amazonas e a criação do Sistema Estadual de Unidades de Conservação, com o primeiro fundo estadual de mudanças climáticas do País, e o Bolsa-Floresta.
O governador ressalta a parceria com o Palácio do Planalto na questão ambiental, como se nota nos investimentos de R$ 6,6 milhões a serem aplicados contra as práticas de desmatamento, regularização ambiental e capacitação de pecuaristas no município de Boca do Acre, no rio Purus. A parceria, de acordo com Omar Aziz, mostra a boa vontade da presidente Dilma Rousseff em ajudar o Amazonas com o programa “Desmatamento Zero” através de ações conjuntas que serão empreendidas pelo Ibama com a SDS (Secretaria de Estado de Desenvolvimento Sustentável). “A presidente é amiga do nosso Estado e sabe que só podemos vencer o desmatamento na Amazônia através de parcerias”, diz.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email