8 de dezembro de 2021

Destaque Página inicial: Destaque - 5

O que significa abraçar a Amazônia?

O que significa abraçar a Amazônia?

“O momento exige interlocução, transparência e cumplicidade cívica como vacinas essenciais. Assim, além de combater as mazelas das fakenews, estaremos contribuindo para uma aproximação construtiva e fraterna no combate às desigualdades imorais entre Norte e Sul do Brasil.” Antônio Silva(*) Com muita gratidão e apreço, o setor produtivo do Amazonas já deixou registradas suas boas-vindas ao conterrâneo e vice-presidente da República, general Antônio Hamilton Mourão, para debater propostas, demandas e interesses locais e nacionais neste momento adverso para a Humanidade e muito polêmico para nossa região. Todos estão olhando para a Amazônia, apontando  as queimadas do verão amazônico, como se

Os planos de Guedes para a Amazônia

Os planos de Guedes para a Amazônia

O secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa, anunciou ontem, em reunião do Conselho de Administração da Suframa, que um dos projetos que está sendo trabalhado no órgão e também no âmbito do Conselho da Amazônia é o “Nova Amazônia Verde”, que deverá priorizar atividades de baixo impacto ambiental, a economia circular e o potencial turístico da região, fomentando emprego e renda. “Estamos buscando medidas concretas para melhorar o ambiente de negócios e atrair mais investimentos para a região da Amazônia Ocidental e Amapá e queremos, muito em breve e em conjunto com

Amazônia: a legítima e a distorcida

Amazônia: a legítima e a distorcida

“O momento exige interlocução, transparência e cumplicidade cívica como vacinas essenciais . Assim, além de combater as mazelas das fakenews, estaremos contribuindo para uma aproximação construtiva e fraterna no combate às desigualdades imorais entre Norte e Sul do Brasil.” Artigo de Wilson Périco(*) Há uma insinuação de oportunismo por parte das entidades da indústria do Amazonas na manchete da reportagem da Folha, publicada neste dia 25, sob o título “Empresários usam crise ambiental para preservar benefícios para Zona Franca de Manaus”. O curioso é que o teor da matéria vai em outra direção e é coerente com os propósitos das entidades da

A maior em quatro anos

A maior em quatro anos

O Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas aprovou 39 projetos com um volume de aproximadamente R$ 4,5 bilhões em investimentos – o maior registrado em uma única pauta nos últimos quatro anos – e cerca de 1200 novos postos de trabalho, durante a 286ª reunião ordinária do Conselho, realizada ontem, de forma presencial restrita aos conselheiros e técnicos do Governo, na Federação das Indústrias do Amazonas.  Os destaques da pauta da reunião foram a gigante coreana Samsung, com investimentos de R$ 2,79 bilhões para a produção de fones de vídeo com sistemas inteligentes de áudio e televisores com tela de

Comitê ZFM Covid-19 – não o fim, mas o início

Comitê ZFM Covid-19 – não o fim, mas o início

Para que serve a utopia? Serve para isso: para que eu não deixe de caminhar. (Eduardo Galeano) Luíz Augusto Barreto Rocha (*) Quem teve o privilégio de acompanhar o Comitê ZFM Covid-19 no período de 22/03/2020 a 24/08/2020 pode dar seu testemunho: foram vinte reuniões com personalidades amazonenses e brasileiras, todos de forma voluntária e cidadã. Vimos e ouvimos os sotaques do Nordeste dos doutores Everardo Maciel e Heleno Torres, do Sul do Dr. Humberto Ávila, do Sudeste do Dr. Marco Aurélio Greco e Marcio Holland, ou nossas vozes manauaras e globais, como Denis Benchimol Minev. Empresários e Executivos da

Compromisso não honrado

Compromisso não honrado

O Ministério Público Federal adotou, nos últimos 30 dias, uma série de medidas para cobrar do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária o cumprimento de compromissos assumidos pela autarquia para a redução do desmatamento e para a regularização socioambiental dos assentamentos na Amazônia Legal. Os compromissos foram estabelecidos em termo assinado em agosto de 2013, que estabelecia prazo de até sete anos para o cumprimento das obrigações. Vencido o prazo, o Incra não cumpriu a maioria dos itens do acordo. Entre os compromissos não cumpridos estão os que previam que seria providenciado, para todos os assentamentos, licenciamento ambiental, inscrição

Consumo de gás dispara

Consumo de gás dispara

As indústrias do Amazonas nunca consumiram tanto gás natural como no mês de julho de 2020. Com volume de 141.340 m³/dia, destinados a mais de 50 empresas interligadas à rede de distribuição de gás natural, o segmento apresentou aumento de 10% em relação ao mês de junho e de 41% se comparado com o mesmo período do ano passado, atingindo o recorde histórico do estado. O aumento do consumo foi motivado pelo retorno das atividades de fábricas após o período de recesso ocasionado pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19), pela ampliação de consumo de algumas unidades consumidoras e, sobretudo, pela

Prazo para comprovar competitividade

Prazo para comprovar competitividade

O Governo do Estado prorrogou até o próximo dia 30 de setembro o prazo para que as empresas do Polo Industrial de Manaus (PIM) que usufruem de incentivos fiscais adicionais apresentem o Estudo de Competitividade exigido por lei. A data anterior era 30 de agosto. A lista de produtos beneficiados com incentivos adicionais inclui de embarcações e monitor de vídeo para informática, a aparelho de ar condicionado e máquina de costura, entre outros. A exigência de apresentação do Estudo de Competitividade está fundamentada no  inciso 13 do art. 13 e no art. 16, ambos da Lei nº 2.826, de 29

Amazônia: fatos que você precisa saber antes de se constranger

Amazônia: fatos que você precisa saber antes de se constranger

Por Alfredo Lopes (*) O debate sobre Amazônia nunca foi tão intenso. Já se fazia a hora. Em todos os sentidos todos nós ganhamos com isso na medida em que nos dispusermos a ouvir os nativos e a estudar o assunto. Assim, nos poupamos de constrangimentos públicos, afinal se trata de uma temática indiscutivelmente relevante para o presente e para o futuro do Brasil. O geógrafo Aziz Ab’ Saber, um estudioso da Amazônia, insistia em destacar que apenas 5% das espécies da diversidade biológica amazônica foi parar na bancada dos laboratórios brasileiros. Nos laboratórios estrangeiros, a conversa é outra e

Amazonas bem na foto

Amazonas bem na foto

As contas públicas do Governo do Amazonas foram aprovadas pelo Tesouro Nacional, atendendo a seis metas do Programa de Reestruturação e de Ajuste Fiscal do Governo Federal, ganhando destaque nacional dentre sete Estados do país. O Amazonas é o segundo da região Norte que cumpriu preliminarmente os resultados estabelecidos para o exercício de 2019. O resultado foi publicado no dia 3 de agosto, no Diário Oficial da União, e o Amazonas foi um dos sete Estados signatários (Alagoas, Bahia, Espírito Santo, Rondônia, Santa Catarina e Sergipe) que alcançaram todas as seis metas, dentre os 23 e Distrito Federal participantes. Na

Sobre as disparidades regionais no Brasil

Sobre as disparidades regionais no Brasil

Por MÁRCIO HOLLAND(*) O Brasil é um país tragicamente desigual. A pandemia da Covid-19 escancarou as nossas desigualdades sociais, de renda, racial, de oportunidades e regionais. Devemos sair da pandemia ainda mais desiguais, em todas as suas dimensões perversas. Artigo publicado no jornal O Estado de São Paulo, de Pedro Fernando Nery, como título “O Brasil do Auxílio”, revela que regiões mais pobres do Norte e do Nordeste são as que mais recebem o auxílio emergencial, mesmo controlando pelo tamanho da população. Onde não tem emprego com carteira assinada tem mais assistencialismo. E é justamente nos estados mais pobres da

Amazonino aparece bem

Amazonino aparece bem

O ex-governador Amazonino Mendes (Podemos) colocou ontem um ponto final nas especulações em torno de seu estado de saúde. Sua assessoria distribuiu uma foto em que ele aparece lendo a edição do dia do jornal Folha de São Paulo, aparentemente em um bar da capital paulista. De máscara e moletom – faz frio por lá – não foi possível vislumbrar o rosto do veterano político, mas apenas o fato de ter forografado fora do ambiente hospitalar foi suficiente para conter a boataria, que dava conta de uma internação às pressas. Esta parece ser a principal estratégia de seus principais adversários: