22 de janeiro de 2022

Destaque Página inicial: Destaque - 5

Entrevista com Niro Higuchi

Entrevista com Niro Higuchi

Niro Higuchi(*) é a maior autoridade global, reconhecida pela ONU, em matéria de Silvicultura Tropical e da relação da Amazônia com o Clima, e como funciona a dinâmica de fixação do Carbono, nossa capacidade de fixar as emissões do planeta e as implicações econômicas potenciais. Isso lhe custou o Prêmio Nobel da Paz, em 2007, compartilhado com Al Gore e todos os principais atores da ONU no estudo sobre as Mudanças Climáticas. Também lhe custou um contrato com o governo japonês para liderar um consórcio de mais de duas dezenas de instituições do mundo inteiro para estudar a estrutura e

Campanha sem propostas

Campanha sem propostas

Amazonino Mendes (Podemos ) é o tiozão moderninho; David Almeida é o caminho certo; Ricardo Nicolau (PSD) o filantropo que se destacou na pandemia; Coronel Alfredo (Patriota) é o candidato do presidente Jair Bolsonaro (sem partido); Alfredo Nascimento (PL) é o candidato do prefeito Arthur Virgílio Neto (PSDB); Zé Ricardo (PT) é o “homem da Kombi”; Capitão Alberto Neto (Republicanos) é o bonitão preparado; Marcelo Amil (PC do B) é só sorrisos e Romero Reis (Novo) é o que bate em todo mundo. Esse é o resumo até aqui do horário eleitoral. Nada de propostas para resolver os principais problemas

Arthur sai em grande estilo

Arthur sai em grande estilo

Nos últimos dias o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), está fazendo uma maratona de inaugurações, em todas as zonas da cidade. São quadras de esporte e campos de futebol revitalizados e outras interveções na saúde, educação e controle da cidade. É o início de uma arrancada que deve terminar em dezembro, quando ele entrega o complexo viário que leva o nome de sua mãe, Isabel, na entrada do conjunto Manôa, na zona Norte, além de escolas de tempo integral e outras obras de impacto. Também está em andamento, a caminho do final, o programa de asfaltamento de ruas,

Gestão dos recursos da ZFM: o protagonismo e a lei

Gestão dos recursos da ZFM: o protagonismo e a lei

Wilson Périco (*) [email protected] É da maior importância o surgimento de iniciativas que buscam mostrar ao país o papel estratégico e os avanços substantivos desta política de Estado chamada Programa Zona Franca de Manaus, desenhado para ajudar na redução das desigualdades entre o Sul/Sudeste de um país mais desenvolvido e o Norte/Nordeste do Brasil tratado como Colônia: como diz o general Eduardo Villas-Bôas. A proposta da ZFM, ao gerar riqueza, é promover a interação econômica, científica, tecnológica e de inovação entre essas regiões ricas e empobrecidas. Por isso, com a participação de atores de alto nível intelectual e de conhecimento

Mais uma campanha com operação

Mais uma campanha com operação

Assim como ocorreu em 2016, quando a Operação Maus Caminhos eclodiu em plena campanha para a Prefeitura de Manaus, ontem a Operação Sangria sacudiu a cidade, com sua segunda etapa – a primeira foi em agosto. Desta vez o vice-governador, Carlos Almeida (sem partido), foi o principal alvo. Seu gabinete e residência foram vasculhados pela Polícia Federal, Controladoria Geral da União e Ministério Público Federal. As autoridades divulgaram que descobriram desdobramentos da operação de compra dos 28 respiradores adquiridos de uma importadora de vinhos. Segundo os investigadores, o lucro da operação foi usado para bancar outras negociações no período da

Mitos e verdades sobre a ZFM: uma homenagem ao Celso Piacentini

Mitos e verdades sobre a ZFM: uma homenagem ao Celso Piacentini

Márcio Holland – Professor na Escola de Economia da Fundação Getúlio Vargas, FGV EESP, onde Coordena o Programa de Pós-Graduação em Finanças e Economia. “Celso Piacentini  deixa saudades. Seus conhecimentos estarão permanentemente presentes entre todos nós. Ele me ensinou muito sobre o programa ZFM. E tenho certeza de que seus conhecimentos e sua defesa do desenvolvimento sustentado do estado do Amazonas seguirão com todos nós. Saudades, amigo.” Não vi outra forma de homenagear um amigo que não fosse correr para o computador e escrever sobre o que ele mais defendia em sua vida pública. Como diretor de grandes empresas e na

Ministério da Economia recua

Ministério da Economia recua

O Ministério da Economia suspendeu os efeitos da Portaria 309/2019 até 30 de agosto.  Editada em 24 de junho, a matéria reduzia o imposto de importação sobre bens de capital e de informática e telecomunicações que não tenham produção nacional equivalente. Com isso, colocaria em risco a sobrevivência da indústria nacional e a manutenção dos 5 milhões de empregos, diretos e indiretos, gerados pelo setor. Mais de 15 mil deles estão no Amazonas. A decisão é fruto de intensa articulação de parlamentares federais do Amazonas, representantes do setor produtivo e integrantes da equipe econômica.  A mobilização culminou na manhã de

Nova taxa “Fundo Verde” … O pote está transbordando… Parte II

Nova taxa “Fundo Verde” … O pote está transbordando… Parte II

“GUARDAI-VOS DOS FALSOS PROFETAS QUE VÊM A VÓS COBERTOS DE PELES DE OVELHAS, E QUE POR DENTRO SÃO LOBOS RAPACES” – SÃO MATEUS, CAP. VII, V 15 A 20. Em recente matéria veiculada no portal “Amazonas Atual” sob o título “FAS defende recursos de P&D para Fundo de Desenvolvimento Sustentável do AM”, justifica que: “O estudo que propõe a criação do Fundo de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas foi elaborado pela FAS, com apoio de especialistas, e está sugerindo que ele seja financiado com recursos vindos de taxas já pagas por empresas da ZFM, diz a entidade.” “Conforme o documento, os

Finalmente a Buriti sai

Finalmente a Buriti sai

A avenida Buriti, principal via de acesso entre as zonas Sul e Leste pelo Distrito Industrial, será, literalmente, reconstruída em mais de cinco quilômetros de extensão. Ontem o prefeito Arthur Virgílio Neto (PSDB) vistoriou o andamento da obra, realizada pela Prefeitura de Manaus em parceria com a Superintendência da Zona Franca de Manaus, que tem prazo aproximado de 30 dias para ser concluída. “O trabalho é muito grande, estamos fazendo a retirada completa de massa asfáltica com uma máquina de última geração. A avenida é extensa e faz uma ligação perfeita com o restante da cidade. Essa avenida Buriti é

Uma delegacia diferente

Uma delegacia diferente

A Delegacia Especializada em Combate à Corrupção (Deccor) vai atuar, no interior do estado, com o apoio das Câmaras Municipais para a realização de audiências públicas para recebimento de denúncias e participação da população. A unidade foi inaugurada ontem e será responsável pela investigação de crimes de corrupção praticados contra a administração pública nas esferas estadual e municipal.   Os assuntos a serem abordados vão desde o conceito de corrupção e as formas, aos tipos de crimes praticados contra a administração pública por funcionário público e por particulares. A intenção é criar um debate aberto com os representantes dos poderes públicos

Números reveladores do PIM

Números reveladores do PIM

A balança comercial do Amazonas em agosto apresentou crescimento nas importações, que tiveram aumento de cerca de 11,45%, na comparação com julho de 2020, e queda de 3,78%, com agosto de 2019, como reflexo da retomada das atividades no Polo Industrial de Manaus. Já as exportações tiveram redução de 19,97% em relação a agosto de 2019, e 35,08%, em relação a julho de 2020, em razão de medidas tomadas para o combate à Covid-19. A análise é da Secretaria de Estado de Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação, que disponibiliza balanço detalhado da Balança Comercial em sua página, no link Mapas

“No Amazonas, com domesticação de espécies nativas, pecuária dá lugar à plataforma de bioconomia” diz Roberval Lima – Embrapa

Entrevista com pesquisador Roberval Lima – Embrapa

Entrevista sobre a Domesticação da Castanha-do-Brasil no Amazonas  A economia baseada na diversidade biológica é uma maratona que começou há alguns séculos nos desafios de enfrentamento da natureza. Segundo o pesquisador Charles Clement, INPA, os índios da Amazônia plantavam castanheiras racionalmente para perenizar essa preciosa fonte nutricional há 10 mil anos. Nessa entrevista, o pesquisador e pós-doutor Roberval Monteiro Bezerra de Lima – Embrapa Amazônia Ocidental, consultor técnico-científico pela Fazenda Agropecuária Aruanã, conta como se deu a domesticação da Castanha-do-Pará ou do Brasil no Estado do Amazonas, no município de Itacoatiara, a 215 Km de Manaus. Pesquisa e inovação, com suporte da Embrapa, INPA, Universidades locais,  e determinação