22 de julho de 2024
Pesquisar
Close this search box.

Trends JC: Advogando em causa coletiva

Compartilhe:​

Prestar atendimento e serviços à sociedade e colaborar para o debate entre a população são as melhores atividades de extensão de uma universidade. É dessas instituições que saem os futuros profissionais e é muito bom que eles conheçam a realidade que vão enfrentar nas suas jornadas. Mas, é essencial para a sociedade também, já que ela é diretamente beneficiada. É com esse espírito que a Faculdade Esbam (Escola Superior Batista do Amazonas) está preparando mais uma ação social que deverá unir diversos serviços em prol da comunidade de baixa renda, inclusive serviços jurídicos, no dia 19 de novembro, na sede da Esbam no Adrianópolis. Para falar sobre isso, o Trends JC recebeu o professor e advogado Guilherme Tomizawa. 

“São dezenas de serviços que estarão disponíveis ao público de forma gratuita. Desde tratamentos e serviços de beleza e estética, até veterinário, social e o jurídico, que é muito esperado também”, resumiu o advogado, que é coordenador do NPJ (Núcleo de Prática Jurídica) da ESBAM, que presta serviços jurídicos para a comunidade de baixa renda. “Nosso foco é o público que não tem condições de pagar um advogado e esta é uma chance, tanto para este cidadão, quanto para nossos estudantes que terão oportunidade de pôr em prática o que estuda na teoria”, explicou Tomizawa, lembrando que todos os atendimentos são supervisionados pelos profissionais.

Segundo o professor, a ação mais procurada pela população é a retirada de segunda via de documentos, serviço que não estará disponível desta vez, devido a dificuldades junto aos órgãos competentes, mas outros serviços de atendimento jurídico serão disponibilizados. “Ações de divórcio, pedidos de pensão alimentícia e até mesmo atendimento a mulheres e crianças em estado de insegurança, são algumas das ações mais frequentes, que estamos prontos a atender da melhor forma”, garantiu.

Dos problemas mais complexos ao mais simples, o NPJ/Esbam estará lá no dia 19 de novembro para atuar junto à comunidade. A faculdade Esbam colocará todos os cursos de sua grade para atuar neste evento. “Existem muitas pessoas que não fazem ideia de como proceder para regularizar sua situação ou que nem entendem uma correspondência judicial simples. Nós estaremos lá para ajudar”, reforçou.

Guilherme Tomizawa, músico afastado (esperamos que em processo de retorno), é novo em Manaus, tendo fincado raízes há apenas 5 anos, mas já comanda um grupo ávido em ajudar a comunidade local. Em ações como esta, ele mobiliza dezenas de alunos voluntários para ajudar. Acabam se tornando ‘psicólogos amadores’, por ouvir bastante as pessoas; atuam como conselheiros, ao tentar mediar soluções, mas são mesmo heróis, por ajudar a tantas pessoas que precisam. Sabemos que para eles é apenas um dia de voluntariado e aprendizado, mas para algumas pessoas, significa um fantasma a menos para enfrentar.

O NPJ/Esbam funciona de segunda-feira às sextas-feiras – de 8h30-12h e 14h30-17h, Telefone para contato: 3305-1820.

Por Lilian D’Araujo 

@lydcorr

Lílian Araújo

Lílian Araújo

É Jornalista, Artista, Gestora de TI, colunista do JC e editora do Jornal do Commercio

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:​

Notícias Recentes

No data was found
Pesquisar