Pesquisar
Close this search box.

Traje cultural de artista parintinense causa frisson no Miss Latina Brasil

Compartilhe:​

O traje cultural denominado “Festa da Natureza” é uma esplêndida criação do do renomado artista de Patintins, Tarcísio Gonzaga foi destaque durante a apresentação da também parintinense e Miss Latina Amazonas 2023, Noely Reis, que representou o estado durante o Miss Latina Brasil, que aconteceu no dia 9 de setembro, na cidade de Santa Cruz do Sul, no Rio Grande do Sul.

O estilista destaca a sua participação com uma obra autêntica da série boi-bumbá de Parintins em um evento nacional. “O traje fala de uma maneira geral desse clamor pela preservação da Amazônia, os pássaros vivos batendo as azas, mostrando realmente que a gente quer essa Amazônia Viva e levada pela beleza da mulher da nossa cidade, do nosso estado. Eu como artista me sinto lisonjeado por estar fazendo parte da história da Noely e desse concurso, porque foi uma obra diferenciada, autoral”, enaltece Tarcísio Gonzaga

O Traje – O traje, rico em detalhes e significados, foi uma vitrine das maravilhas naturais e culturais da Amazônia. Elementos tradicionais do folclore parintinense, e algumas inovações modernas que foram habilmente incorporados pelo artista Tarcísio Gonzaga, resultando em uma peça que era tão surpreendente quanto significativa.

O traje é um tributo a fauna e flora amazônica e sua biodiversidade. Com muito glamour, a obra carrega consigo o clamor em defesa da vida existente na Amazônia, a importância de sua preservação para que o mundo viva em paz e harmonia.

A Miss Latina Amazonas 2023, levou o Troféu de Melhor Traje Cultural com o Traje “Festa da Natureza” que o artista descreve que a vestimenta vem representando a Sinhazinha da Fazenda, item 07 que compõe o Festival Folclórico de Parintins, destacando a filha do amo do boi – o dono da fazenda. Traz como ponto matriz a árvore da Samaumeira, conhecida como “árvore da vida”, em sua base o caudaloso Rio Amazonas, em seu corpo o tronco, nos braços os galhos e no chapéu a copa da árvore.

Em Manaus, espaços culturais recebem programação da 17ª Primavera de Museus

O evento anual da Primavera de Museus, coordenado pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), realizará atividades em diversos espaços culturais do Governo do Estado do Amazonas no período de 18 e 24 de setembro, em horários variados.

Com a temática “Memórias e Democracia”, o evento busca resgatar e trazer visibilidade para a história dos povos indígenas, quilombolas, e também da comunidade LGBTQIAPN+. A premissa é utilizar o passado para abordar assuntos relevantes e utilizá-los como uma forma de reflexão e diálogo para o público.

Confira a programação do evento nos espaços culturais de Manaus:

Misam – Museu da Imagem e do Som do Amazonas (Praça Heliodoro Balbi, S/N – Palacete Provincial – Centro)

Museu de Numismática Bernardo Ramos (Praça Heliodoro Balbi, S/N – Palacete Provincial – Centro)

Museu Do Homem Do Norte (Avenida Silves, 2.222 – Centro Cultural dos Povos da Amazônia – Distrito Industrial)

Museu do Seringal Vila Paraíso (Igarapé São João, S/N – Afluente Do Igarapé Do Tarumã Mirim – Zona Rural)

Pinacoteca Do Estado Do Amazonas (Praça Heliodoro Balbi, S/N – Palacete Provincial – Centro)

Centro Cultural Palacete Provincial (Praça Heliodoro Balbi, S/N – Centro).

Além das atividades nos espaços culturais de Manaus, também, haverá programação no Museu Magüta, espaço que pertence ao município de Benjamin Constant (a 1.121 km da capital amazonense).

Amazonastur avalia mercado de Turismo no AM

A Pesquisa de Análise de Mercado do Turismo, realizada pela Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur), ganha uma extensão de prazo até o dia 22 de setembro. O foco da análise permanece nos prestadores de serviços turísticos, os quais podem acessar a pesquisa no portal do turismo (amazonastur.am.gov.br), pelo link https://acesse.one/analisedemercadoturismo ou por meio das redes sociais da Amazonastur (@amazonastur).

O presidente da Amazonastur, Ian Ribeiro afirmou que a partir da pesquisa é possível monitorar os obstáculos, perspectivas, vendas, faturamento, contratações e tendências em relação ao destino Amazonas, identificando as mudanças do cenário empresarial ocorridas no ambiente de negócios que são avaliados pela Amazonastur. Segundo o presidente da Amazonastur, as políticas públicas para o turismo são norteadas pelos dados obtidos por meio da pesquisa. “Assim, temos informações dos prestadores de serviços turísticos para monitorar o mercado e que possibilitam uma visão empresarial e das mudanças no ambiente de negócios”, concluiu

Soraya Cohen

Soraya Cohen

é editora da coluna Turiscando

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Notícias Recentes

No data was found
Pesquisar