Prefeitura de Manaus e os trabalhos de coletas seletivas na capital

Compartilhe:​

A Prefeitura de Manaus, atendendo as diretrizes da Lei nº 12.305/2010, a qual instituiu a política nacional de resíduos sólidos, deu início, este ano, a partir de 1º de Maio de 2023, a Coleta Seletiva, em diversos pontos e supermercados da cidade, com apoio de Associações e Cooperativas de Catadores. Para que isso tivesse resultado positivo, foram alugados 08 Galpões espalhados, amplamente, pela capital, com o propósito de se instalar, não somente as Associações e Cooperativas, mas, fazer também, a instalação de 40 PEVs – Ponto de Entrega Voluntário- todos acomodados nos estacionamentos das grandes e médias redes de supermercados.  Assim, o próprio cidadão faz a separação dos resíduos recicláveis, em sua própria residência e leva para as PEVs

Segundo informações do Coordenador da Coleta Seletiva da Prefeitura de Manaus, Luiz Loureiro, (Graduado em Administração de Empresas, Pós-Graduado em Gestão Pública, e, Especialista em Docência do Ensino Superior), “Todos os dias, nossos caminhões passam nesses pontos e recolhem os resíduos para fazer a entrega aos devidos galpões das Cooperativas e Associações, e o que é melhor, gerando emprego e renda e dignidade para os catadores”, disse.

Ainda segundo o Coordenador Luiz “ano passado (2022) foram recolhidas mais de 900 Toneladas de resíduos, os quais deixaram de ser encaminhados para o Aterro Controlado da Prefeitura, e, com isso, houve o considerado aumento da Vida útil do próprio Aterro, além de gerar ganhos incalculáveis, para o meio ambiente”, reiterou.

Paralelo a este significativo Propósito, a Prefeitura de Manaus, realiza hoje,também, através do trabalho das equipes de educadores ambientais, diariamente, visitas nas ruas, becos e vielas na capital, com a Missão de informar à população sobre as adequadas e boas práticas ambientais.

Outro Projeto brilhante, referente a coleta  agendada, onde o próprio cidadão liga para a Semulsp- Secretaria  Municipal de Limpeza Urbana e, agendar o recolhimento dos grandes objetos como: camas, sofás, geladeiras, guarda-roupas, dentre outros objetos.

Assim, pode-se dizer que só no ano de 2022 foram feitos os recolhimentos de mais de 20 mil objetos, que, certamente, seriam descartados nos rios e igarapés da região.

Para a moradora Circe, do Conjunto Jardim Sakura, do bairro do Parque dez de Novembro, “é importante este trabalho de coleta seletiva, que a Prefeitura está desenvolvendo, pois, os nossos descartes, ficarão sempre organizados e terão um ponto certo de coleta dos mesmos, evitando com isso, os diversos entulhos nas ruas e calçadas de Manaus”, finalizou a moradora.

Reportagem: Lia Mônica

Redação

Redação

Jornal mais tradicional do Estado do Amazonas, em atividade desde 1904 de forma contínua.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário