Foguete sul-coreano chega ao Brasil para lançamento em Alcântara

Compartilhe:​

Os componentes do foguete HANBIT-TLV, da sul-coreana Innospace, chegaram ao Maranhão nesta segunda-feira (5). Algumas das peças vieram a bordo de um Boeing 747/400, um dos maiores aviões cargueiros do mundo, enquanto outras vieram por terra. Juntas, elas vão formar um foguete com mais de 16 m de altura, que será lançado do CLA (Centro de Lançamento de Alcântara).

O lançamento deverá acontecer ainda neste ano, tornando a Innospace a primeira empresa aeroespacial a operar em Alcântara. O SISNAV conta com computador, sensores de movimento e rotação para determinar a posição e orientação de objetos sem depender de referenciais externos.

O lançamento em Alcântara será um teste do HANBIT-TLV, veículo de um só estágio que levará ao espaço o SISNAV e servirá como plataforma de desenvolvimento para o futuro HANBIT-Nano. Na missão, o HANBIT-TLV realizará um teste de voo suborbital, chegando a até 100 km de altitude e, depois, cairá no mar. 

O Centro de Alcântara oferece vantagens para determinados lançamentos espaciais. Como o local fica próximo da linha do equador, os foguetes lançados ali podem alcançar a órbita equatorial economizando até 30% de combustível e, assim, com uma menor quantidade de combustível necessária, o veículo lançador pode levar mais cargas úteis ao espaço.

Lílian Araújo

Lílian Araújo

É Jornalista, Artista, Gestora de TI, colunista do JC e editora do Jornal do Commercio

Qual sua opinião? Deixe seu comentário