Pesquisar
Close this search box.

Aprendendo com diversão: como uma startup paraense alia tecnologia à educação  

Compartilhe:​

Dois vezes dois é igual a quatro! O tradicional modelo de ensino vem sendo substituído pelo uso da tecnologia em sala de aula. Computadores, laptops, tablets e mesmo a inteligência artificial têm atraído e conquistado a mente (e as emoções) dos estudantes. Afinal, nada melhor do que aprender se divertindo!

Essa é a proposta da startup paraense Inteceleri Tecnologia para a Educação. Fundada em 2014, a empresa desenvolve metodologias e soluções para uso em sala de aula, como o ‘Matematicando’, que utiliza as cores como gatilho para memorização de operações básicas de matemática e o ‘Geometricando’, cuja proposta permite ao aluno uma imersão no universo das formas geométricas através de um aplicativo. Essa última ideia, inclusive, contribuiu no desenvolvimento do MiritiBoard VR – óculos de realidade virtual produzido a partir da fibra do buriti.

A inovação, que utiliza a matéria-prima presente na Amazônia, visava democratizar o acesso aos óculos de realidade virtual aos alunos. A produção do MiritiBoard VR possui o apoio de cerca de 200 moradores de comunidades locais no município de Abaetetuba (PA). Nos modelos mais recentes do item, há um grafismo alusivo à cultura amazônica. Há três meses, um exemplar dos óculos foi entregue ao presidente da França, Emmanuel Macron, em Paris. A ação é uma parceria da Inteceleri com a Aliança Francesa, na capital paraense.

“Nós desenvolvemos um trabalho para eles de uma metodologia imersiva para o aprendizado da língua francesa e dos diálogos franceses. E esse trabalho com a metodologia imersiva, usando os óculos de realidade virtual, gerou destaque numa capa de uma revista francesa, e depois a gente evoluiu para uma relação com a embaixada francesa”, comenta Walter Junior, CEO da Inteceleri.

A startup, que é parceira oficial do Google for Education desde 2014, está presente em 23 municípios em seis estados brasileiros. Ao todo, 80% dos alunos impactados por alguma ação da empresa estão no ensino fundamental, o que representa uma estimativa de 500 mil alunos atendidos, conforme o CEO.

Para Walter, a receptividade dos alunos em relação à nova proposta educacional  tem se mostrado positiva, já que eles são considerados ‘nativos digitais’.

“Eles já sabem utilizar as tecnologias, o que falta realmente é a maturidade para que essa grande habilidade que eles têm com as tecnologias possa ser utilizada no processo de ensino-aprendizagem. Então, quando eles percebem que, por exemplo, podem utilizar o telefone para baixar um aplicativo, para brincar, para jogar, para se divertir e, no final, aprender, eles ficam realmente mega empolgados. Eles, realmente, adoram esse novo formato de aprender porque é muito mais atrativo”, pontua.

Para a sequência de 2023 e no decorrer de 2024, um dos objetivos é a expansão das soluções e do percurso metodológico da startup no Brasil e em outros dois países, Portugal e Estados Unidos.

PIM: Brudden irá produzir motocicletas elétricas

Durante visita do superintendente da Suframa Bosco Saraiva à Brudden da Amazônia ocorrida na quarta-feira (27/9), a empresa anunciou que irá expandir o portfólio e iniciará  operação no ramo de mobilidade urbana, com a produção de motocicletas elétricas a partir de 2024. Atualmente, a marca – inaugurada na cidade de Pompéia (SP) em 1980  – atua em Manaus, com a fabricação de equipamentos para academias de ginástica.  O investimento é de R$ 23 milhões e o projeto de diversificação foi aprovado no ano passado pelo Conselho de Administração da Suframa (CAS) e o Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam).

Sebrae-AM realiza feira de beleza

Entre os dias 7 e 9/10, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Amazonas (Sebrae-AM), irá realizar a 3ª edição da ‘Manaus Expo Beleza’. O evento reunirá cerca de 80 expositores dos segmentos de estética, moda, beleza, dentre outros. Já a programação inclui várias oficinas, palestras, desfiles e shows. Esta edição será realizada no SESI – Clube do trabalhador, que se localiza na Avenida Cosme Ferreira, nº 799, no São José I.

Esse setor é um dos que mais crescem no país. Atualmente, conforme pesquisa realizada pela empresa Euromonitor International, o Brasil é considerado o quarto maior mercado de beleza e cuidados pessoais do planeta, perdendo apenas para os Estados Unidos, China e Japão. Outro levantamento, dessa vez elaborado pela Circana, mostra que o segmento de beleza no país faturou nada menos do que US$ 203 milhões somente no primeiro trimestre deste ano. É uma grana e tanto! E se você quer conhecer a feira do Sebrae, basta se inscrever por meio do link (https://manausexpobeleza.com.br/#).

Cliente do Amazonas será indenizado pela Apple por prática de ‘venda casada’

Um consumidor amazonense, que comprou um smartphone modelo iPhone 13, Starlight, 128 GB, numa loja on-line, entrou com uma ação judicial contra a empresa Apple Computer Brasil Ltda., alegando que o aparelho eletrônico adquirido veio sem o conector de energia, o que impossibilita o uso do produto. Inclusive, mencionou que não há disponível no mercado outro conector que possa ser utilizado no iPhone sem ser o da fabricante. Já a empresa tentou argumentar que o cliente tinha ciência de que a fonte carregadora não estava inclusa na compra, e, que, portanto, deveria ser adquirida em outra compra.

Entretanto, a juíza Maria do Perpétuo Socorro da Silva Menezes citou o art. 39, inciso I, do Código de Defesa do Consumidor (CDC), que trata de venda casada: “Ao fornecer o aparelho sem o seu adaptador, a fabricante Apple condiciona o consumo ou aproveitamento econômico do bem à aquisição de outro produto: adaptador, agora somente disponível para venda em separado, nas lojas da Requerida. Nesse ponto, entendo que tal prática se identifica com a venda casada, pelo fato de impor, ainda que indiretamente, a compra de outro bem com a finalidade de utilizar o aparelho celular”.

Conclusão, o Juízo de Direito da 15.ª Vara do Juizado Especial Cível de Manaus sentenciou a Apple Computer Brasil Ltda. a fornecer ao consumidor o adaptador de energia compatível com o celular e a pagar a indenização de R$ 5 mil, a título de danos morais. Oh! Fonte cara!

RÁPIDAS & BOAS

Nos dias 30/9 e 1º/10, irá ocorrer a 5ª edição da Feira Internacional de Gastronomia Amazônica (FIGA). O evento é organizado pela Abrasel no Amazonas (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes) e será realizado presencialmente, no Centro de Convenções Vasco Vasques, com entrada gratuita. A inscrição está disponível pelo link (https://encurtador.com.br/LMO16).

******************************************

Na quarta-feira (4/10), das 8h às 12h (horário de Brasília), acontece o evento gratuito ‘Conversando sobre o Futuro: Reflexão e Perspectivas’. O encontro, que é organizado pela Credilink e conta com o apoio da Febraban e da Acrefi, será no Hotel Renaissance (SP). Para participar, basta proceder a inscrição através do endereço eletrônico (https://encurtador.com.br/cnCDT).

******************************************

As inscrições para o Programa CAPES-Purdue de Doutorado Pleno em Agricultura estão abertas até a sexta-feira (13/10). O edital 19/2023 selecionará até cinco bolsistas para a Universidade Purdue, nos Estados Unidos. Para inscrição e outras informações, basta acessar o endereço eletrônico (https://curtlink.com/jqfgAa).

Cristina Monte

Cristina Monte

Cristina Monte é articulista do caderno de economia do Jornal do Commercio. Mantém artigos sobre comportamento, tecnologia, negócios.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Notícias Recentes

No data was found
Pesquisar