Amazonas Energia realiza ações socioambientais

Compartilhe:​

   E no “Dia Mundial do Meio Ambiente”, 5 de junho, a empresa Amazonas Energia com o objetivo de conscientizar a população, sobre a relevância de preservar o planeta, está realizando uma programação diversificada com ações socioambientais internas e externas, como por exemplo: a distribuição e o plantio de mudas no Parque Estadual Sumaúma e no município de Silves. 

Sábado passado (3) foram distribuídas mais de 100 mudas e cestas básicas aos moradores do Ramal Acará e bairro Lago Azul. Durante a realização do evento, estiveram presentes palestrantes que falaram sobre temas socioambientais e foi realizado no CMEI Professora Suely Cruz Pompeu.

Esta, disse um dos palestrantes, “é uma oportunidade que os amazonenses têm para absorverem novos ensinamentos sobre a preservação e a conservação do Meio Ambiente, pois, agora, conta ele, antes da pandemia, “é preciso que se estenda a todos os seres humanos da terra, sem acepção de pessoas, disse.

Entre as mudas distribuídas no bairro Lago Azul se encontram espécies de acerola, taperebá, ipê-rosa, urucum, jatobá e ixora.

Já estão sendo preparadas para o dia 10 de junho próximo, mudas de plantas do cumaru e ipê-amarelo, no Parque Estadual Sumaúma, que fica na avenida Bacuri no bairro Cidade Nova.

Convém lembrar que o plantio de mudas no Parque Sumaúma, é uma homenagem aos colaboradores da Amazonas Energia vítimas do Covid-19. Neste dia, serão doadas diversas mudas para o viveiro do Parque Estadual; uma forma de recuperar e reflorestar áreas degradadas. Essa ação é uma parceria firmada entre as empresas Amazonas Energia, Água Pura e o Governo do Estado do Amazonas, através da Sema (Secretaria Estadual do Meio Ambiente).

E no dia 12 de junho, por conta do encerramento das ações desenvolvidas durante toda a semana do meio ambiente, no município de Silves, vão ser ofertadas cestas básicas juntamente com mudas de Andiroba e Castanha do Brasil.

O evento será realizado em parceria com a Prefeitura de Silves através da Semma, visando assim, a recuperação e a preservação da área de Preservação Permanente do rio Urubu.

Reportagem: Lia Mônica.

Redação

Redação

Jornal mais tradicional do Estado do Amazonas, em atividade desde 1904 de forma contínua.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário