5 de julho de 2022
Prancheta 2@3x (1)

Caderno: Negocios

https://www.jcam.com.br/PGB1_0403_009.bmp

Certificadora RINA de olho no Polo Naval amazonense

Multinacional italiana oferece expertise para interessados em desenvolver potencialidades Artur Mamede [email protected] Expedir certificações para o Polo Naval amazonense observando os padrões internacionais, mas sem deixar de lado as peculiaridades regionais, é a nova missão do RINA, grupo multinacional fundado em 1861, com sede em Gênova (Itália). A missão é ofertar aos estaleiros e armadores amazonenses a partir de 2015, toda a expertise e excelência do grupo reconhecida por 114 bandeiras. Operando em Certificação Naval no Brasil há mais de 20 anos, a multinacional destacou para o Amazonas o diretor naval para a América Latina, Maurízio Nigito. Peculiaridades da região

https://www.jcam.com.br/PGB7_2702.bmp

Notebooks dão ‘a volta por cima’

Mercado de notebooks resiste a avanço de tablets e celulares A morte anunciada dos PCs —vitimados pela enxurrada de smartphones e tablets no país —está longe de ser realidade no segmento de notebooks. A expectativa da Samsung é de que o mercado de computadores portáteis no Brasil cresça 5% em 2015, com um total de 5,8 milhões de unidades vendidas, mas a sul-coreana projeta uma expansão mais de duas vezes superior à média do mercado nacional para este ano. Para manter a liderança na categoria de notebooks, conquistada em 2011, vai focar seus esforços em máquinas mais sofisticadas e ampliar

https://www.jcam.com.br/PGB1_2702.bmp

Fucapi : 33 anos de inovação, tecnologia e qualificação

Com participação intensa no desenvolvimento da Amazônia, apoiando e dando suporte tecnológico ao PIM (Polo Industrial de Manaus) por meio de seus laboratórios e mais recentemente aderindo ao boom das startups, incubando empresas iniciantes, a Fucapi (Fundação Centro de Análise, Pesquisa e Inovação Tecnológica) completou na última quinta-feira (26) 33 anos de atuação. A iniciativa para a criação da Fucapi em 1982, partiu de uma ação conjunta da Fieam (Federação das Indústrias do Estado do Amazonas), Cieam (Centro da Indústria do Estado do Amazonas) e Geicom (Grupo Executivo Interministerial de Componentes e Materiais), ligados ao governo federal. Junto ao PIM

https://www.jcam.com.br/PGB4_2602_012.bmp

Aprendizes estão na mira de empresas

Em formato acessível até para pequenas e médias empresas, aprendizes são nova opção A ideia de contratar aprendizes pode ser vista pela ótica do investimento, em formato acessível até para pequenas e médias empresas não ligadas ao Sistema S, tradicional formador de mão de obra. Empresas vinculadas ao sistema já têm acesso aos cursos oferecidos por instituições como Sesi, Senai e Sescoop. E as não integradas ganharam uma opção: um projeto piloto conduzido em 2014 ofereceu vagas para formação de aprendizes no âmbito do Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego). “É uma forma de o governo

https://www.jcam.com.br/PGB1_2602_009.bmp

Empresa nasce de projeto universitário

Incubada na Fit e com trabalhos em andamento, Filigane ensaia voos mais altos De um TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) a microempresa e desta para voos mais altos. Assim tem sido a breve história da Filigane, startup de consultoria estratégica em Design capitaneada pelo designer Silvestre Paiva. Desde novembro instalada no espaço CoFit (Coworking da Fucapi Incubadora de Tecnologia), a Filigane aproveita o tempo de hospedagem em uma incubadora experiente e a cancha adquirida com pequenos trabalhos para planos maiores. A história começou há quatro anos quando Silvestre iniciou o curso de design na faculdade e percebeu que poderia

https://www.jcam.com.br/PGB5_2402_013.bmp

Rede Outback projeta crescer 20% no Brasil

O apetite dos brasileiros pela cebola empanada e costela suína com molho de maçã e o crescimento do mercado de alimentação fora do lar vem impulsionando a operação da rede americana Outback Steakhouse. Após fechar o ano com 14 novas unidades, totalizando 64, em 31 cidades brasileiras, a empresa planeja um crescimento de 20% esse ano, o que significa ao menos 12 novas unidades. O Brasil é o terceiro maior mercado da cadeia de restaurantes —que atua em 22 países —em número de unidades, só perdendo para Estados Unidos e Coreia do Sul. “Dos 14 novos sócios, 82% são ‘ex-outbackers’,

https://www.jcam.com.br/PGB1_2402_009.bmp

Valorização dos professores é marca da escola

No ano em que completa 25 anos no Amazonas, a Cultura Inglesa chega à segunda geração de alunos e comemora a renovação constante de seu quadro de profissionais. Além dos professores de carreira, uma forte característica notada nas unidades de Manaus é a escolha de ex-alunos por se tornarem professores. Para acolher e proporcionar a estes a qualidade que a profissão requer, o treinamento e desenvolvimento dos professores tem sido uma das missões da escola. A busca pela excelência e qualidade no ensino da língua inglesa está na gênese da Cultura Inglesa no Amazonas e nos seus mais de 70

https://www.jcam.com.br/PGB2_2302_010.bmp

FLUXO: Holding faturou R$ 200 milhões em 2014

A holding Sabará, detentora da marca Beraca e líder global no fornecimento de ingredientes naturais provenientes da biodiversidade brasileira e líder nacional na solução para tratamento de água e efluentes, registrou um faturamento de R$ 200 milhões em 2014. O número representa crescimento de 16% em comparação a 2013. “Mesmo diante de um cenário econômico estagnado, a empresa sextuplicou de tamanho ao longo dos últimos 10 anos e cresceu a uma taxa média de 14,8% ao ano, , com uma margem EBITDA que evoluiu a uma taxa composta de 11,2% ao ano. Acreditamos que isso é resultado do trabalho apoiado

https://www.jcam.com.br/PGB1_2302_009.bmp

Cereal matinal e snacks com sabor amazônico

Pupunha e açaí são base de produtos pesquisados pelo Inpa em Manaus A busca por alternativas alimentares que propiciem a regionalização da merenda escolar e até mesmo a produção destes produtos em escala comercial, há muito vem sendo uma tarefa do Inpa (Instituto Nacional de Proteção Industrial), que acaba de enviar ao Inpi (Instituto Nacional de Proteção Industrial) mais seis depósitos de pedidos de patente. Destes, dois têm destaque pela inovação e apelo comercial, um cereal matinal e snacks (espécie de salgadinhos em pacote), produzidos com pupunha e açaí. A ideia de aproveitar os frutos amazônicos e elaborar novos produtos

https://www.jcam.com.br/PGB3_1702.bmp

Pet é bom negócio para PMEs

Com uma população de 106 milhões de animais de estimação no Brasil, o que não falta é demanda para que empresas do setor pet cresçam e apareçam. Além das tradicionais pet shops e lojas especializadas, surgem nichos de mercado que abrem espaço para micros, pequenas e médias empresas em todo o país. Dados da Abinpet (Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação), mostram que, em 2014, o setor movimentou R$ 16 bilhões, alta de 8,2% ante o ano anterior. O segmento de pet food (alimentação) lidera a lista de atividades que fazem parte deste universo, seguida pelo

https://www.jcam.com.br/PGB1_1702.bmp

Sumaúma Park Shopping aposta em serviços

Diversificação ganha espaço em shopping da Zona Norte Local de trabalho, para encontrar amigos, comer, se divertir e, por que não, comprar? As chances de venda aumentam quando se aumentam as opções oferecidas nos shoppings centers. Depois de oferecer entretenimento, opções de alimentação e compras, o Sumaúma Park Shopping, na Cidade Nova aposta em uma gama de serviços especializados, seguindo a tendência dos grandes shoppings que se instalam por todo Brasil. Com este formato, o local deixa de ser visto apenas como um centro de compras e amplia as possibilidades de atração com a oferta de serviços que vão desde

https://www.jcam.com.br/PGB4_1102_012.bmp

Carnaval pode gerar gastos fora do planejado

Quando rotina começa a voltar ao normal, chega o Carnaval, trazendo mais despesas com viagens, festas e fantasias O período de início de ano, juntamente com as férias, é sempre um pouco complicado, principalmente quando se fala de orçamento financeiro, porque os gastos acabam sendo maiores. Quando a rotina começa a voltar ao normal, chega o Carnaval, trazendo mais despesas com viagens, festas e fantasias. Por isso, deve-se fazer um bom planejamento financeiro para evitar problemas. De acordo com o educador financeiro Reinaldo Domingo, se a pessoa não parar para fazer as contas, não terá como saber se poderá fazer