3 de dezembro de 2021

Caderno: Negocios

https://www.jcam.com.br/PGB7_0101_015.jpg

‘Vestíveis’ são nova aposta do mercado

‘Computação de vestir’ deve chegar a 5,37 milhões de unidades vendidas até 2018 De um total aproximado de apenas 400 unidades comercializadas no ano passado, o mercado brasileiro de wearables vai alcançar em 2018 vendas de 5,37 milhões de dispositivos vestíveis. A projeção — da empresa global de pesquisa e análise de mercado Euromonitor International — é um indício do quanto a penetração dos smartphones no país tende a alavancar a chamada “computação de vestir” — pelo menos numa etapa inicial. “Vivemos hoje uma fase de transição”, afirma Alexis Frick, analista de pesquisa de mercado da Euromonitor. Os dispositivos passivos,

https://www.jcam.com.br/PGB1_0101_009.jpg

Ambiente tributário preocupa estrangeiros

Altos impostos e probabilidade de formação de passivo trabalhista afastam investidores A quantidade de horas gastas para pagamento de impostos e a alta probabilidade da formação de passivo trabalhista têm afastado os investidores estrangeiros do Brasil. Segundo especialistas ouvidos pelo DCI, a demora nos trâmites burocráticos também tem sido citada como prejudicial. O sócio do Baraldi Mélega Advogados, Danilo Pieri Pereira, observa que nas relações de trabalho, uma das maiores dificuldades é a falta de clareza das regras. “Respondo todos os dias a consultas de investidores estrangeiros”, diz Pereira. “Mas quando perguntam se tal prática é válida, cada vez mais,

https://www.jcam.com.br/PGB5_3012_013_1.bmp

Carrefour investe em reciclagem

Grupo adota caixa para a coleta de material reciclado O grupo Carrefour no Brasil vai implantar caixas coletoras de material que pode ser reciclado em suas unidades em todo o Brasil, para descarte de embalagens que o consumidor não deseja levar para casa. O projeto Ecocaixa foi desenvolvido em parceria com a empresa de alimentos Mondelez Brasil e a fabricante de embalagens Tetra Pak. Em um primeiro momento, somente as 26 lojas da rede Carrefour da capital paulista receberão os coletores, preparados para receber itens como papel, plástico, metal, vidro e embalagens Tetra Pak. As Ecocaixas estão instaladas a partir

https://www.jcam.com.br/PGB3_3012_011_1.bmp

Brasileiro quer mudar de trabalho em 2015

Pesquisa demonstra que Metade dos profissionais brasileiros querem mudar de emprego em 2015 Os profissionais brasileiros não estão com medo de perder o emprego em 2015, mas esperam estar em outro trabalho no ano que vem. A conclusão é de um levantamento realizado pelo site de carreiras Love Mondays. Segundo a pesquisa realizado com 800 pessoas em dezembro, 50% dos profissionais afirmam ter a intenção de mudar de emprego no próximo ano e apenas 34% demonstram receio em ficar desempregado nos próximos 12 meses. O otimismo também aparece em outras frentes: 43% dos entrevistados acreditam que terão aumento salarial no

https://www.jcam.com.br/PGB1_3012_009_1.bmp

Lojas em shoppings devem demitir e investir menos

Maiores empresas já preveem ampliar negociações em 2015 Os lojistas que atuam em shopping centers já projetam um 2015 complicado. Com taxa de vacância elevada -cerca de 10% -, e a perspectiva de um período de recessão econômica, a palavra de ordem para o próximo ano é redução de funcionários e de investimentos. “Só em São Paulo a estimativa é que sete mil postos de trabalho sejam fechados no ano que vem”, afirmou o presidente da Alshop (Associação Brasileira de Lojistas de Shopping), Nabyl Sahyoun. Na capital paulista, porém, não são só as demissões que preocupam os lojistas. “Teremos um

https://www.jcam.com.br/PGB2_2912.bmp

Finep anuncia nova linha de incentivo a empresas

Finep anunciou uma linha de financiamento que irá ajudar tanto startups, quanto os games Diferente do que se espera, o mercado de games no Brasil não é um dos mais incentivados. Mesmo com tantos profissionais qualificados e também com possibilidades, as oportunidades não chegam. Pensando nesse contexto e também no crescente movimento das startups, a Finep anunciou uma linha de financiamento que irá ajudar tanto startups, quanto os games. A Finep lança o Inovacred Expresso, que tem como objetivo apoiar inovação em empresas com receita operacional bruta anual até R$ 16 milhões através de financiamentos de até R$ 150 mil.

https://www.jcam.com.br/PGB2_2912_02.bmp

Economistas veem riscos para o Brasil em 2015

A presidente Dilma Rousseff terá o desafio de fazer os esperados ajustes na economia brasileira em 2015 não só com o ambiente doméstico mais complicado, com o Congresso fragmentado e a atividade econômica desaquecida, avaliam economistas em Wall Street. O Brasil terá de lidar ao mesmo tempo com um cenário externo que tende a ficar mais desfavorável para os mercados emergentes no próximo ano, marcado por dólar forte, continuidade da queda dos preços das commodities e volatilidade no mercado financeiro e nos fluxos internacionais de capital. O principal fato que deve pesar no humor dos investidores em 2015 é o

https://www.jcam.com.br/PGB1_2912.bmp

Distribuidoras crescem apoiadas por perfumarias

Empresas distribuidoras crescem com fomento de pequenas e médias perfumarias A maior preocupação com a aparência somada ao aumento do poder aquisitivo do brasileiro tem feito o segmento de perfumarias crescer de forma significativa de 2011 para cá. Pesquisa aponta que foram abertas 970 lojas no período, levando o segmento a somar 18.305 pontos de vendas. Composto em sua maioria por pequenos e médios empresários, que atuam de forma regional, a maior dificuldade dessas empresas é a concorrência surgida com os supermercados, as farmácias e drogarias. Para reverter isso, esses empresários filiam-se a distribuidores atacadistas como forma de ter produtos

https://www.jcam.com.br/PGB4_2612_012.bmp

Final de ano ameniza perdas

Receita do setor da gastronomia teve crescimento entre 2% e 3% em 2014 A instabilidade da economia, as eleições, a Copa do Mundo, entre outros gargalos, “amargaram” a receita do setor da gastronomia, que prevê um leve crescimento entre 2% e 3% em 2014. Para alguns estabelecimentos, as perdas podem ser amenizadas com a comercialização de pacotes para as festas de final de ano. “Vamos registrar um pequeno crescimento, apesar das reclamações do setor. Ao que tudo indica será um ano positivo para a categoria”, pontua o presidente da Abrasel-SP (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de São Paulo), Percival

https://www.jcam.com.br/PGB1_2612_009.jpg

Pequena indústria deve evitar dívidas

Empresários não vão assumir compromissos financeiros sem retorno garantido As indústrias de micro e pequeno porte vão enfrentar um ano difícil, com restrição do acesso ao crédito e demanda interna ainda enfraquecida, avalia o presidente do Simpi (Sindicato da Micro e Pequena Indústria do Estado de São Paulo), Joseph Couri. Para enfrentar o cenário econômico em 2015, a estratégia é evitar o endividamento e cortar custos, afirma Couri, baseado no indicador da categoria, elaborado mensalmente pelo Instituto Datafolha a pedido do Simpi. “Não acredito em um aquecimento da indústria no próximo ano, isso sem falar na concorrência dos importados que

https://www.jcam.com.br/PGB3_2312_011.bmp

Moda sustentável começa a ganhar escala no Brasil

Grandes marcas já se juntaram ao movimento ecológico e trabalham temas sustentáveis A “camisa” com a preocupação sobre o futuro do meio ambiente também passou a ser “vestida” pelo segmento fashion. Criado há oito anos pela consultora de moda Chiara Gadaleta, o projeto EcoEra trilha pela conscientização sustentável dos membros que compõem o setor. “Decidi usar minha voz na comunidade da moda para disseminar relações mais justas e um mercado mais conectado com as questões sociais e ambientais. Naquele momento sentia que o setor convencional deixava de me representar e estava irrequieta, por exemplo, com questões de descarte da indústria