27 de maio de 2022

Caderno: Aniversário do JC

https://www.jcam.com.br/Upload/images/Noticias/2020/1%20SEM/01%20Janeiro/04/wilson%20lima%208364.JPG

Wilson Lima aposta em modernização

O ano de 2019 para o Estado do Amazonas marca a estréia de Wilson Lima (PSC) como Governador do Estado, eleito em 2018 com 58.50% dos votos no segundo turno, derrotando o então governador Amazonino Mendes que concorria a reeleição. Wilson Lima assumiu o governo já enfrentando desafios e ameaças, a exemplo das declarações do Ministro Paulo Guedes, que chegou a dizer que o modelo é "ruim" e custa bilhões em renúncias aos cofres da união, levando a bancada do Amazonas, composta pelos senadores Omar Aziz (PSD) e Eduardo Braga (MDB), além dos deputados federais José Ricardo (PT), Bosco Saraiva

https://www.jcam.com.br/Upload/images/Noticias/2020/1%20SEM/01%20Janeiro/04/Antonio%20Silva%200298.jpg

Crescimento satisfatório no PIM, avalia Fieam

O PIM (Polo Industrial de Manaus) fechará o ano com um crescimento de 8,6%, em moeda nacional, com faturamento de, no máximo R$ 101 bilhões, na comparação com 2018, um desempenho considerado apenas satisfatório pelo presidente da Fieam (Federação das Indústrias do Estado do Amazonas), Antonio Silva. Na última quarta-feira (18), o empresário disse, ao apresentar o balanço anual do Sistema Indústria, no Estado, que as empresas do PIM enfrentaram muitas dificuldades em 2019, mas conseguiram êxito em seu planejamento operacional. Na projeção em dólar, o faturamento ficará em torno de 25 bilhões, mesmo patamar do ano passado graças à

https://www.jcam.com.br/Upload/images/Noticias/2020/1%20SEM/01%20Janeiro/03/Cieam%20Perico%2039458.jpg

Cieam prevê cenário econômico positivo em 2020

O Cieam (Centro da Indústria do Estado do Amazonas) avalia que 2019 foi um ano bom, apesar da crise que assolou o País. Completados 12 meses do governo Jair Bolsonaro, o segmento industrial alcançou um crescimento razoável, principalmente o setor de duas rodas e de eletroeletrônicos, que vêm liderando as exportações do Amazonas nos últimos anos, apontam os últimos indicadores industriais da Suframa.   Para o presidente do Cieam, Wilson Périco, a meta agora é alcançar os números de 2007, quando a Zona Franca atingiu a marca de uma produção de pelo menos 2 milhões de motocicletas naquele ano. “Claro, estamos

https://www.jcam.com.br/Upload/images/Noticias/2020/1%20SEM/01%20Janeiro/02/Frank%20Souza%2001298.jpg

Esperança após ajustes, diz Sinduscon

O presidente do Sinduscon-AM (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Amazonas), Frank Souza, considera que 2019 foi um ano de ajustes para o setor. Em especial para o segmento imobiliário, com a maior oportunidade das empresas desovarem estoques e voltarem a apostar em lançamentos, graças a redução gradual da taxa básica de juros e a manutenção da inflação em patamares mais civilizados. O recuo no custo do dinheiro proporcionou maior facilidade de acesso do consumidor para a compra de imóveis, assim como azeitou os balancetes das empresas, proporcionando maior oferta. De acordo com o dirigente, foi o principal combustível

https://www.jcam.com.br/Upload/images/Noticias/2020/1%20SEM/01%20Janeiro/02/Jose%20Jorge%20029.jpeg

Oportunidades à vista, diz Eletros

Passados quatro anos de crise, o presidente da Eletros (Associação Nacional de Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos), Jose Jorge do Nascimento, avalia que 2019 apresenta um ensaio de retomada para a economia brasileira em geral e para a indústria eletroeletrônica geral – majoritariamente instalada na ZFM (Zona Franca de Manaus). O dirigente lembra que o segmento eletroeletrônico foi um dos que mais sentiu o baque da crise, já que bens de consumo – especialmente os que dependem mais de acesso ao crédito, excedente de renda e que não são considerados essenciais – costumam ser mais sensíveis ao ziguezague da demanda. Embora