16 de janeiro de 2022

Caderno: Aniversário do JC

Líderes que fizeram história no Jornal do Commercio

O Jornal do Commercio registou mudanças em seu comando em 118 anos de existência. Neste período, diversos líderes marcantes se revezaram no comando da empresa jornalística. Desde 1984, esse legado pertence à família do jornalista Guilherme Aluízio de Oliveira Silva. Com sua morte em 2019, seu filho Sócrates Bomfim Neto assumiu a responsabilidade comandar a empresa. Conheça, a seguir, alguns desses líderes: JOAQUIM ROCHA DOS SANTOS     Joaquim Rocha dos Santos nasceu no dia 06 de dezembro de 1851 em Lisboa, Portugal. Veio para o Brasil aos 11 anos de idade, em 1862, morando em Fortaleza, Caxias, no Maranhão, e

Conheça as sedes históricas do JC em Manaus

Há 37 anos o Jornal do Commercio ocupa o mesmo prédio, no Japiim, desde que foi adquirido pelo empresário Guilherme Aluízio, em 1984. Mas antes disso, por quase 80 anos, o jornal mais antigo da Amazônia, em circulação, ocupou outros dois prédios, na avenida Eduardo Ribeiro e, com certeza, presenciou muitas histórias, já que a avenida era o principal centro de convergência da cidade desde a sua total conclusão, em 1902. Quando o JC foi inaugurado, em 2 de janeiro de 1904, a Eduardo Ribeiro ainda era uma incipiente, porém, bonita avenida, idealizada pelo governador Eduardo Gonçalves Ribeiro (1892/1896) nos

Linha do tempo dos 118 anos do Jornal do Commercio

Em 118 anos, o Jornal do Commercio passou por uma série de mudanças na imersão da empresa na história do século mais transformador de toda a humanidade. Como testemunha ativa nessa evolução, o jornal foi sendo moldado, não pelas circunstâncias, mas pelo propósito dos líderes que estiveram à frente de seu controle nesse período. Nessa linha do tempo histórica, é possível conhecer algumas dessas transformações: 1904 É fundado em 2 de janeiro de 1904 pelo comerciante português Major Joaquim Rocha dos Santos (1851-1905), radicado no Brasil desde 1862. Rocha dos Santos teve a ideia de criar um jornal empresa especializado

JC acompanha transformações há 118 anos

Muita coisa mudou nos últimos 118 anos. Quantas descobertas, quantas inovações, quantos acontecimentos marcantes. A sociedade passou por profundas modificações. O Jornal do Commercio de Manaus, que hoje faz aniversário, acompanhou de perto essas transformações, tornando-se um documento vivo de nossa História entre os séculos XX e XXI. Quando foi fundado, em 02 de janeiro de 1904, vivia-se um contexto de avanço industrial, de expansão do capitalismo nas mais vastas áreas do globo. O comerciante Joaquim Rocha dos Santos, a par dessas transformações, que se processavam com bastante intensidade do Amazonas, que via sua economia crescer graças à exportação da

Celebrando o centenário JC

Celebrando o centenário JC

Há dois anos que escrevo no Jornal do Commercio, mas parece que sempre fui desta casa. O tratamento elegante de Fred Novaes, o carinho do ‘seo’ Adalberto, a carinhosa Adriana e a prestativa Rayssa são os responsáveis por essa total tranquilidade no ‘fazer jornal’. E, claro,  a elegância no tratamento de Sócrates Bonfim Neto e sua mãe Selma Bonfim Silva. Salve os 117 anos de circulação, contínua, do respeitado JC, na cidade de Manaus. Vida muito mais longa! NOVO ANO PARA ELES! Os dois casais são queridos da colunista. Sempre de bem com a vida, prontos para viver plenamente em família!

Renan Haijin lança seu primeiro álbum, ‘HAIJIN’

Renan Haijin lança seu primeiro álbum, ‘HAIJIN’

Em meio à pandemia da Covid-19, o músico e produtor Renan Haijin resolveu se reinventar e apostar em seu projeto paralelo ao da banda Gramophone, com o álbum solo ‘HAIJIN’, que será lançado no próximo dia 15 de janeiro, nas plataformas digitais. O disco foi produzido com o apoio do Governo Federal e da Prefeitura de Manaus, por meio do Edital Prêmio Manaus de Conexões Culturais – Lei Aldir Blanc. Com cinco faixas, o álbum conta com participações especiais de Gabi Farias, Dan Stump, Ramon Marola e Andrei Ambrósio. O guitarrista da banda Gramophone destacou o cuidado e carinho que

Turismo, a melhor expressividade do Estado

Turismo, a melhor expressividade do Estado

Segundo o Fórum Econômico Mundial, o Brasil é a oitava nação com mais atrativos culturais do planeta, e isso evidencia o potencial verde e amarelo para atrair o interesse de turistas, brasileiros ou estrangeiros. Essa referência encoraja o setor de serviços com perspectivas bastante promissoras, especialmente através das ações adotadas pelo governo federal para impulsionar a iniciativa privada permitindo que o turismo e a cultura superem impactos da pandemia e reordenem suas atividades, mesmo considerando os impasses entre estados e municípios. O Turismo foi um dos mais afetados pela pandemia da Covid-19 e, para amenizar os prejuízos, a Secretaria Nacional de

Jornal do Commercio, uma Universidade do Saber e da Notícia

Não podemos mais apenas ser bons, precisamos ser ótimos em tudo o que fazemos e ainda contaminar as pessoas a nossa volta com alegria, entusiasmo, otimismo, energia positiva, vontade de vencer e acima de tudo atitude e determinação planejada. Precisamos ser inicialmente generalista com visão global para em seguida nos tornarmos específicos e com flexibilidade alternar sempre que for necessário. O Jornal do Commercio faz isso com maestria a muito tempo. Com a comunicação desenvolvida para informar seus leitores o Jornal do Commercio nos dá mais facilidade de entender, agir e resolver qualquer situações que seja necessário com um foco

2021 – O desafio dos fortes

Mais de um século de vida, exatamente 117 anos acompanhando todas as etapas da vida de nossa cidade, que experimentou as glórias da euforia da borracha e o abandono do período pós-euforia, quando a ideia única era de uma terra onde nada florescia. No entanto, assim como os altos e baixos de nossa economia, o JORNAL DO COMMERCIO manteve em sua forma de vida uma filosofia fundamental aos fortes: ACREDITAR NA VITÓRIA! Temos atualmente uma metrópole desenvolvida com todos os problemas e vantagens de uma grande cidade, onde a cada dia estes problemas e vitórias são repassados para a população

Um jornal acolhedor para Manaus, coração da floresta e das águas

Ao tempo em que comemoramos mais uma volta completa pelo Sol do Jornal do Commercio, quero expressar minha gratidão ao acolhimento que recebo desde as primeiras linhas que escrevi, semanalmente, neste periódico. Dizem que os articulistas contribuem com suas opiniões, mas, num ano de tantos desafios, como o de 2020, escrever só foi possível, pois, do outro lado, no Editorial, havia uma Equipe disposta ao abraço das ideias, no exercício de bem produzir a notícia na velocidade dos fatos. Aliás, a figura do botafoguense Adalberto representa bem o carinho desta Casa, que, há mais de um século, valoriza a essência

Jornal do Commercio: a dinâmica social e a tradição

Diferentemente de outros tempos, quando o jornal era um dos poucos instrumentos de informação e de reflexão, atualmente, uma enxurrada de blogs e portais dividem o espaço antes reservado a um estrato social composto por intelectuais, comerciantes e homens de negócios. Novos tempos chegaram! As décadas recentes foram marcadas pelo incremento do desenvolvimento de inovações tecnológicas no setor das telecomunicações, que nos permitem acesso rápido e fácil às informações e acontecimentos.  Isso é muito salutar, por democratizar e propiciar que a maioria de nós possa exercitar o raciocínio, bom senso, estimular o poder de análise e reflexão, ser um formador