Caderno: Guia JC

Dia de comemorar o teatro

Dia de comemorar o teatro

Em homenagem ao Dia Nacional do Teatro, celebrado em 19 de setembro, o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e

Espaços culturais de braços abertos

Espaços culturais de braços abertos

Sinal de que tudo está voltando ao normal é quando o entretenimento e o lazer voltam a ocupar parte de nossos fins de semana e

O grande Teatro está de volta

O grande Teatro está de volta

O Teatro Amazonas reabriu suas portas esta semana que passou com uma apresentação da Ovam (Orquestra de Violões do Amazonas), como parte das comemorações pelos

Galeria do Largo faz 15 anos

Galeria do Largo faz 15 anos

É com a exposição “NÓX Sintomas e Processos” que a Galeria do Largo dá início às comemorações de 15 anos do espaço administrado pelo Governo

Shows, concerto, folclore e dança

Shows, concerto, folclore e dança

Shows das bandas Treme Terra e Cabocrioulo, Festival Internacional de Folclore do Brasi e espetáculo do Corpo de Dança do Amazonas estão na programação cultural

Grupo Jurubebas inicia apresentações virtuais

Grupo Jurubebas inicia apresentações virtuais

Conflitos entre gerações, segredos e discussões políticas se misturam no espetáculo “E Nós Que Amávamos Tanto a Revolução”, do Grupo Jurubebas de Teatro, que entrou

Portas abertas e janelas fechadas

Portas abertas e janelas fechadas

Chegou a hora de tudo reabrir. Pelo menos essa é a decisão da maioria dos governantes brasileiros. Em Manaus, bares lotados, restaurantes abarrotados, shoppings a

O show continua, mesmo na pandemia

O show continua, mesmo na pandemia

A pandemia do novo coronavírus nos trancou em casa por mais de três meses. Muita coisa ruim aconteceu no mundo. Mas, justiça seja feita… muito

‘Velho normal’ na noite manauara

‘Velho normal’ na noite manauara

Aos poucos tudo vai voltando ao normal. Ou melhor “novo normal” como agora todo mundo resolveu se referir às nossas vidas pós-pandemia. Mas, o que

Lives caboquinhas na área

Lives caboquinhas na área

Não estamos ainda podendo contar com os showzinhos ‘de lei’ dos nossos artistas amazonenses. Mas, isso não significa que a música pode parar