5 de julho de 2022
Prancheta 2@3x (1)

Caderno: Entretenimento

Documentário vai narrar era de ouro da música do beiradão nas rádios manauaras

Cunhado pelo político e historiador amazonense Álvaro Maia, em romance publicado em 1958, o termo “beiradões” designava as margens de rio da Amazônia ribeirinha. Mais tarde, passou a representar também a música que se desenvolvia nos rincões da região por meio das intensas trocas culturais que tinham a beira do rio como principal ponto de difusão. Influenciado pela música caribenha que soava nas rádios dos países vizinhos e nas embarcações que por eles navegavam, o gênero se desenvolveu a partir de talentos como o do saxofonista amazonense Teixeira de Manaus, que se tornou um dos principais representantes desse gênero tipicamente

Corpos Artísticos farão lives no Teatro Amazonas nesta terça

Os Corpos Artísticos da Secretaria de Cultura e Economia Criativa realizarão uma série de lives sem público, por meio das redes sociais, a partir desta terça-feira (13/04), às 20h, direto do Teatro Amazonas. O programa iniciará com a Orquestra de Violões do Amazonas (Ovam) e a Orquestra de Câmara do Amazonas (OCA), que subirão ao palco com quadro reduzido de músicos devido aos protocolos de segurança e prevenção contra a Covid-19. “Queremos oferecer ao público que está em casa o talento de nossos Corpos Artísticos, tanto como incentivo para evitar aglomerações como para amenizar as saudades das apresentações no Teatro

Castro Jr. é o cineasta da semana no “Cine Sem Sair de Casa”

Os curtas-metragens de Manoel Castro Júnior serão exibidos neste sábado (10/04), às 19h, no “Cine Sem Sair de Casa”, realizado pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa. O projeto exibe obras de cineastas amazonenses no Facebook (@culturadoam). “Submersos”, um filme de suspense sobre um personagem que aterroriza uma família; “Bullying – Aconteceu Comigo”, uma mensagem sobre as consequências do bullying; e “Rambo da Amazônia – O Rapto da Professora”, que apresenta o ator Aldenir Coti, a personificação amazonense do ator Sylvester Stallone, em mais uma de suas aventuras. Todas as obras têm

Poeta Thiago de Mello completa 95 anos e recebe homenagem

Nesta terça-feira (30/03), o poeta amazonense Thiago de Mello completa 95 anos e, para celebrar a data, o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, reuniu artistas de diferentes segmentos para leitura do poema “Faz escuro, mas eu canto”. A homenagem está disponível nas redes sociais @culturadoam. Segundo o secretário Marcos Apolo Muniz, a proposta conta a trajetória do poeta da floresta, com passagens sobre a saída dele do município de Barreirinha, onde passou a infância nas margens do rio Andirá, a estreia na literatura, em 1951, com o livro “Silêncio e Palavra”