15 de agosto de 2022
Prancheta 2@3x (1)

Caderno: Tony Santos

Tudo dá Trabalho. O segredo é eliminar o que dá trabalho e não traz resultado

Tudo dá Trabalho. O segredo é eliminar o que dá trabalho e não traz resultado

O X da questão é até onde vamos para sair da nossa zona de conforto?  Pode parecer difícil fazer renúncias para se chegar em algum lugar. Ficar sem salário, parar de sair, de comprar roupas, passar a comer por sobrevivência e não por prazer, enfim, parar de viver. Quantas pessoas reclamam que não têm dinheiro pra investir, mas é só sair o novo Iphone que o sujeito tá lá comprando? Assim como é ralado abrir mão de certas coisas hoje pra pensar em um futuro melhor, também é ralado não fazer isso. A maioria das pessoas ainda possui aquele pensamento imediatista, de querer tudo pra ontem e querem saber como eu vejo isso? 

Nosso pequeno universo – Parte 2

Nosso pequeno universo – Parte 2

Na primeira parte da coluna, falei sobre a importância  de se conhecer e de conhecer o outro na hora de empreender. Utilizando pensamentos de Carl Sagan, foi possível comparar a ciência a conceitos básicos de empreendedorismo e com isso, perceber que analisar o mundo e o universo, através do nosso próprio repertório de experiências é exatamente o que vai nos diferenciar e criar o DNA do nosso modelo negócio.  O ponto de partida para quem quer começar a se enxergar como empreendedor é se auto analisar e responder a 4 perguntas. As duas primeiras, já exploradas na semana passada, questionam “Quem sou eu e

Nosso pequeno Universo – Parte I

Nosso pequeno Universo – Parte I

“Somos, cada um de nós, um pequeno universo”.Começar a coluna com uma das frases famosas de Carl Sagan foi extremamente proposital para abrir uma auto reflexão sobre o que sabemos a nosso respeito. Sagan é considerado um dos maiores divulgadores de ciência de todos os tempos. É dele também a frase “A ciência é muito mais do que um corpo de conhecimento. É uma maneira de pensar”, “Um livro é a prova de que seres humanos são capazes de fazer magia” e “Vivemos em uma sociedade extremamente dependente da ciência e da tecnologia, na qual pouquíssimos sabem alguma coisa sobre ciência e tecnologia”.

Um Wilson para chamar de seu

Um Wilson para chamar de seu

O que é apoiar alguém? Qual é o verdadeiro papel de quem está ao seu lado? Eu já tive relacionamentos em que não me atrapalhar já era um ótimo apoio. Já tive relações em que moveram mundos e fundos para que eu conseguisse atingir meus objetivos e já tive relações que não ter continuado acabou sendo um livramento.  Na verdade, eu sempre acreditei que tudo aconteceria da melhor forma que poderia naquela situação. E é pensando assim que eu me sinto confortável e motivada a seguir adiante, sabendo que eu faço o melhor que posso. Mas já que estamos falando do sentido literal, ou seja, do apoio, da luta em conjunto,

Com sócio, ou sem sócio?

Com sócio, ou sem sócio?

A maioria dos problemas com sócios acontece por escolhê-lo pelos motivos errados. Para mim, há apenas dois motivos para se escolher um. O primeiro deles é somar habilidades. Você é bom em algumas coisas essenciais para o negócio e o seu sócio se sobressai em outras. Assim, os dois sabem qual o seu papel e como executá-lo, reconhecem a importância de dar o seu melhor. Além disso, existe a partilha de força visando exclusivamente o crescimento da empresa. E o outro fator é, este mesmo cara estar motivado o suficiente para investir dinheiro na empreitada. Eu acredito que existe uma

Primeiro passo é ter um plano

Primeiro passo é ter um plano

Elaborar um bom plano é essencial para qualquer modelo de negócio que você está pensando em trazer para o mercado. O planejamento é o primeiro contato do empreendedor com o universo empresarial e como se dará suas relações comerciais. É a oportunidade de conhecer fornecedores, consumidores, concorrentes, as pessoas com as quais irá se relacionar. É através desse plano que você descobrirá se a sua ideia é boa, se valerá a pena o investimento ou se é apenas um devaneio e uma necessidade da sua cabeça.  No decorrer da minha jornada, conheci muitas pessoas que pensaram em negócios e abriram sem plano algum, inclusive recentemente uma amiga, dona de uma hamburgueria, quando percebeu

O segredo está no Repertório

O segredo está no Repertório

Segundo o levantamento ‘Education at Glance’, elaborado pela Organização de Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), ano passado, apenas 21% dos jovens brasileiros, entre 25 e 34 anos, concluíram o Ensino Superior. O estudo aponta que essa é a média mais baixa entre os países analisados na América Latina: Argentina (40%), Chile (34%), Colômbia (29%) e Costa Rica (28%). De acordo com o Sebrae, 46% dos empreendedores possuem grau maior de escolaridade, sendo que 30% tem ensino médio completo ou incompleto e 16% ensino superior incompleto ou mais. A entidade revela ainda que quanto maior a escolaridade dos empreendedores, maior é a chance de

Contra-ataque com criatividade

Contra-ataque com criatividade

O mercado sofreu uma chacoalhada esse ano, não é mesmo? E apesar de tecnicamente estarmos vivendo como se as coisas já estivessem normal, pra mim estamos vivendo aquele momento que o barco afunda e quem conseguiu pular foi sugado para dentro d´agua e agora quem conseguiu voltar pra superfície está tentando se manter nadando para não morrer afogado. Uma analogia forte, mas bem realista, porque a gente ainda não sabe realmente o que vai acontecer a partir daqui. Por isso, a única opção que temos nesse momento é se reinventar e procurar saídas para superar a crise financeira agravada pelo

Será que você é a cara do seu negócio?

Será que você é a cara do seu negócio?

Com a ideia simples de “algo bom/algo ruim”, a escolha do tradicional meme de Chico Buarque tem tudo a ver com o tema dessa semana, afinal até o seu tipo de humor influencia na hora de decidir o melhor negócio para abrir. Cada pessoa tem nas suas ações cotidianas um estilo de comportamento e no imaginário um modo de vida que pretende levar no futuro. Ocorre que na maioria das vezes as pessoas ignoram esse detalhe na hora de escolher o seu nicho de mercado e o seu modelo de negócio. Neste último mês, em conversas distintas, me perguntaram como definir o tipo de negócio ideal para empreender. E isso

Influencers ou vendedores?

Influencers ou vendedores?

Estima-se que, mensalmente, mais de 700 milhões de pessoas usam as redes sociais – seja Facebook, Instagram, YouTube, ou qualquer outra. De acordo com um recente estudo realizado pela Sprout Social, cerca de 74% dos consumidores entrevistados se orientam por meio dessas redes para realizar uma compra, sendo que 84% tomam decisão com base nas opiniões de fontes confiáveis. “Isso mostra que os melhores influenciadores são aqueles que são percebidos como ‘pessoas comuns’, com experiências e opiniões próximas as do consumidor”, afirma o relatório. Recentemente, recebi um e-mail do Portal Comunique-se apresentando este estudo e foi o principal responsável pela

Tem uma habilidade? Venda nas redes sociais

Tem uma habilidade? Venda nas redes sociais

Nas redes sociais do Mais Empresárias, e até no blog, é super comum recebermos mensagens de mulheres que querem começar a empreender, mas o pouco recurso é um empecilho, tendo em vista a imprevisibilidade do mercado e o caos econômicos que estamos vivendo. Eu insisto que nada é mais seguro do que montar seu negócio online, eu sempre bato nessa tecla, porque acredito ser a melhor forma de começar. Não entendo como as pessoas preferem complicar em vez de fazer o simples. Quer ver como o simples é simples? Imagine sua habilidade, pense naquilo que você sabe fazer. Seja algo que você já faça no seu emprego, algo que

Onde você estaria hoje, se o medo não tivesse te impedido?

Onde você estaria hoje, se o medo não tivesse te impedido?

Medo! Por que sentimos medo? Recentemente, uma amiga foi convidada para ser revisora de livros de uma editora. Se esse convite fosse pra mim, eu não pensaria duas vezes. Aceitaria na hora. Não que eu esteja pronta para o trabalho, mas sim, porque sou exatamente aquela pessoa que aceita tudo e depois vai na cara e na coragem, embora super arrependida de ter aceitado.  Também sou do time que precisa policiar o auto boicote. Inclusive, ultimamente tem acontecido com mais frequência, pois a gente enrola pra fazer o que precisa ser feito e quando vê, passaram-se semanas e não saímos do lugar. Em contra partida, pessoas