23 de maio de 2022
É CEO, Headhunter, Jobhunter e Coach de Carreira da Paula Pedrosa Headhunter & HR Solutions. Colunista de carreira, mercado e imagem corporativa do Jornal do Commercio
É CEO, Headhunter, Jobhunter e Coach de Carreira da Paula Pedrosa Headhunter & HR Solutions. Colunista de carreira, mercado e imagem corporativa do Jornal do Commercio

Paula Pedrosa

https://www.jcam.com.br/Paula Pedrosa.jpg

Ser humilde no ambiente de trabalho é bom ou ruim?

Nesse mundo corrido, agitado e repleto de estresse no dia a dia, sempre queremos ser bem tratados, reconhecidos, que as pessoas sejam educadas conosco e muito mais. Mas a pergunta é: VOCÊ também está agindo assim com os seus colegas e superiores? Esse artigo é para que tenhamos um momento de reflexão sobre comportamentos, por mais complicados e nervoso que seja o nosso dia. Humildade é manter o seu jeito próprio de tratar as pessoas com educação, respeito e sem querer ser melhor que ninguém. Todos gostamos de ser bem tratados, com respeito e educação. Então por que não agimos

https://www.jcam.com.br/Paula Pedrosa.jpg

Características de líderes: desenvolva!

Diversos líderes famosos e bem-sucedidos têm pontos em comum, uns mais, outros um pouco menos, mas estes sempre estão presentes na personalidade desses grandes homens (leem-se homens e mulheres). Vamos relatar hoje alguns desses pontos. Educação abrangente Um líder sempre tem educação, seja ela formal ou informal, acima da média dos liderados. Ele sabe mais que os outros, ou pelo menos parece saber. Ele está sempre antenado nas atualidades e sobre tudo o que você quiser conversar, ele saberá levar a conversa adiante. Líderes têm a capacidade de dosar demonstrações de cultura de modo a parecerem cultos e bem informados

https://www.jcam.com.br/Paula Pedrosa.jpg

Etiqueta corporativa: uso do e-mail e ligações

O e-mail e as ligações são vida, se falarmos destes como ferramentas de trabalho. É praticamente impossível trabalhar sem um dos dois hoje em dia, correto? Mas, ainda assim é preciso saber utilizar estas ferramentas, que mesmo frequentes, também necessitam de cuidado. Que tal começarmos hoje a ser elegantes nos mínimos detalhes? E estou falando de ambiente corporativo, e sem perder a objetividade! Uso do e-mail Ainda o veículo preferido do cotidiano corporativo, é um meio de comunicação de fácil acesso, gratuito e utilizado por 100% das companhias. O e-mail é grande aliado. Nele, hoje em dia, há garantia de

https://www.jcam.com.br/Paula Pedrosa.jpg

Você sabe, realmente, usar o LinkedIn?

Ferramenta muito útil nos últimos tempos, que coloca sua visibilidade super em alta. É gratuito e basta ter um perfil para ser acessado por diferentes pessoas do mundo inteiro. Mas, tem certeza que apenas tendo um perfil sua visibilidade cresce? Na verdade, você precisa ter um perfil politicamente correto, que agrade a diversos tipos de pessoas, mesmo porque você não sabe quem você está avaliando e nem quais são seus valores, sua forma de pensar, suas verdades. Quando falarmos de perfil correto, não falo apenas sobre o perfil em si, mas também sobre as ações causadas por ele: compartilhamentos, artigos,

https://www.jcam.com.br/Paula Pedrosa.jpg

Para o bem de sua carreira: não seja prolixo!

Saber se comunicar bem é uma regra básica para ter uma carreira promissora. Comunique-se bem. Independente do cargo ou setor de atuação, saber se expressar de uma maneira objetiva e clara é essencial para emplacar ideias, convencer clientes e, principalmente, liderar. Mas, atenção, comunicar-se bem não é sinônimo de falar demais. E é exatamente nesta confusão que estão alguns dos mais sérios pecados corporativos. Seja por falta de bom senso ou por questões de personalidade, muitos profissionais dão corda demais para a mania de ser prolixo e, acabam, colocando a própria carreira em risco. Vamos aos riscos de ser prolixo e como

https://www.jcam.com.br/Paula Pedrosa.jpg

Menos reclamação, mais ação

Cada vez mais escutamos as pessoas reclamarem do ambiente de trabalho. Ora é o chefe que é um autoritário, ora é o colega que atrapalha, ora são as condições que não contribuem. Cotidianamente ouvimos mais e mais pessoas tecerem mais e mais reclamações, que parecem nunca ter fim. Pense em seu círculo social: quantas pessoas você já ouviu falar que gostam do que fazem? E quantas você já ouviu reclamar? A verdade é que nessa onda da reclamação, pouco ou nada aparece sobre o que tem sido feito pela própria pessoa na construção de uma melhor relação com seu trabalho.

https://www.jcam.com.br/Paula Pedrosa.jpg

Reclamar do trabalho é normal, mas cuidado para não passar dos limites!

Existe uma vida ideal e a vida como ela realmente é. Por isso, temos várias formas de expressar o descontentamento em relação a essa diferença inevitável e uma das mais comuns é a reclamação. O mesmo acontece no local de trabalho: o escritório sempre está quente demais, ou frio demais. A fulana faz ligações pessoais o dia todo. O chefe me obriga a trabalhar no sábado. Ou pior: o gerente faz bullying. Acho que o comportamento daquela pessoa não foi ético. Meu salário é muito mais baixo e meu dinheiro não dura até o final do mês. Imagine um local

https://www.jcam.com.br/Paula Pedrosa.jpg

Boa convivência no trabalho

Se existe uma frase que resume o segredo das boas relações entre as pessoas é “faça ao próximo o que você gostaria que ele fizesse com você”. Mas, devido à correria da rotina e ao costume que adquirimos em determinadas situações, deixamos esse pensamento de lado e nem prestamos atenção em nossas atitudes. Agindo dessa forma, você pode irritar muita gente, assim como os outros também devem te tirar do sério, não é mesmo? Hoje em dia, não adianta ser tecnicamente bom, se você não sabe lidar com pessoas e manter um bom clima. Para manter a “política da boa

https://www.jcam.com.br/Paula Pedrosa.jpg

Aumente sua empregabilidade

Em dias atuais, de crise que estamos vivendo, umas das palavras que temos ouvido muito é a empregabilidade. Mais enfaticamente sobre como aumentar a empregabilidade, uma vez que estamos ouvindo muito sobre demissões, redução de custos e assuntos do tipo. Nesse assunto, o que está em jogo é sua carreira e a maneira com a qual você a conduziu, desde o início até aqui. Qual o diferencial de mercado que você tem na frente dos seus concorrentes? Esse é um dos pontos que vai contar para definirmos sua alta ou baixa empregabilidade. Vamos falar aqui sobre quatro pontos que fazem

https://www.jcam.com.br/Paula Pedrosa.jpg

Produtividade no trabalho

É fácil achar que apenas trabalhar sem parar, é sinônimo de ser produtivo. Mas, pode ser que na verdade, você esteja sendo improdutivo ao não planejar suas atividades e suas prioridades da melhor forma possível, e assim ter até mais tempo disponível para o trabalho, e até pensar em novas formas, mais atualizadas e rápidas, de fazer as atividades necessárias, bem como em você mesmo como ser humano e pessoa. Vamos trabalhar de forma mais inteligente e nos tornar produtivos? Abaixo algumas dicas: Organize as tarefas da maneira que for possível Organizar as atividades principais é fundamental para que não

https://www.jcam.com.br/Paula Pedrosa.jpg

O seu currículo está vendendo você?

Sabe o trailer de um filme? Ele tem uma função fundamental: atrair sua atenção, num curto espaço de tempo, para que você compre o ingresso na bilheteria e assista o filme. É assim que você é fisgado para dar audiência aos filmes hollywoodianos. Como currículo não pode ser diferente. O currículo precisa dizer muito sobre você e, de cara, chamar a atenção do recrutador. Eu sempre digo que o currículo é o trailer de um filme. Você assiste o trailer e tem vontade de assistir o filme, ou não. Você lê o currículo e tem vontade de conhecer o profissional

https://www.jcam.com.br/Paula Pedrosa.jpg

Princípios relevantes de administração

Vamos conversar hoje sobre uma pessoa que com apenas 12 executivos, criou a maior empresa do mundo. A instituição fundada por ele já tem mais de 2 mil anos, muitos membros dão a vida por sua organização e ela tem filiais espalhadas pelo mundo afora. Coloque a vida e o ensino de Jesus fora de qualquer contexto espiritual ou místico e encontrará uma sabedoria altamente relevante ao meu e ao seu mundo, o mundo corporativo. Vamos falar um pouco sobre como imitar Jesus Cristo em nossos negócios e sermos bem-sucedidos através deste exemplo. Elimine as dificuldades Uma dificuldade muito grande