22 de maio de 2022
é repórter do Jornal do Commercio
é repórter do Jornal do Commercio

Evaldo Ferreira

Heróis esquecidos

Brasileiro não tem o costume de cultuar ou homenagear seus verdadeiros heróis. Prefere criar falsos heróis e a estes dedicar atenção esquecendo-se, inclusive, daqueles que deram a vida pelo país. No próximo dia 27 completa 156 anos da partida dos amazonenses que foram lutar na Guerra do Paraguai (1864/1870) e até hoje nenhum deles foi reverenciado pelo seu feito, excetuando-se Henrique e Luiz Antony, pai e filho, que dão nome a ruas no Centro de Manaus. Henrique era italiano e voltou com vida para Manaus, mas Luiz não teve a mesma sorte, morrendo em solo paraguaio, mas os números dos

Idas e vindas da capivara

Quando o dinheiro corria fácil nos tempos áureos da borracha, alguns seringalistas viviam muito bem, ainda que no meio da floresta

Jardinagem ganha mais espaço

Um jardim pode ser criado num espaço pequeno de uma residência, e são um motivo a mais para passar o tempo