É jornalista e presidente da Associação Comercial do Estado do Rio de Janeiro
É jornalista e presidente da Associação Comercial do Estado do Rio de Janeiro

Aristóteles Drummond

A verdade eleitoral

  O Brasil, como sociedade democrática, está doente. O radicalismo e as políticas do ódio, da calúnia e da difamação agravam as dificuldades na economia,

Privatizar e desburocratizar

O presidente Bolsonaro tem dedicado sua agenda a temas políticos e a polêmicas, o que parece só tem lhe desgastado como governante e como candidato.

Respeito ao povo é bom

No passado, os homens públicos eram recrutados na nobreza, na aristocracia, nos meios militares, nas famílias mais tradicionais das cidades, estados e na esfera federal.

Mourão e a obsessão das esquerdas

A pesquisa publicada que mostra o general Hamilton Mourão na liderança da disputa estadual, em 2022, tem um significado mais revelador do sentimento popular, e

O sábio Aécio

Acalmados os ânimos com a votação da chamada PEC do voto impresso, cabe uma avaliação serena da questão, olhando para a frente e não pelo

O óbvio ululante em sete pontos

Nesse quadro lamentável de radicalismo, negacionismo, intolerância, é preciso que a maioria silenciosa, ordeira e sem ódios no coração, defina o que acredita com honestidade

Os militares na vida pública

César Cals foi dos mais preparados executivos do chamado período militar. Dirigiu as obras da usina de Boa Esperança, no Piauí, ainda no governo Jango,e

Ouvir veteranos bem testados

O Brasil pede a criação formal ou informal de um “conselho de sábios” para orientar os responsáveis pela condução dos poderes da República. Não podemos

Mauá redivivo

O Rio de Janeiro ganhou um reforço na restauração de seu prestígio e protagonismo no debate dos grandes problemas nacionais e na revitalização de sua

Estaremos na direção do caos?

 Com o tamanho da crise e as dimensões do país como economia, demografia e desigualdade social e regional, se o Brasil não se tornar adulto,

Um ministro com ódio na pena

O ministro Edson Fachin foi contestado desde o primeiro momento do anúncio de seu nome, pela então presidente Dilma, para compor o Supremo Tribunal Federal.

Acorda, Bolsonaro!

O presidente Bolsonaro tem sido duramente atacado na CPI da pandemia. Realmente o que tem sido apurado já era sabido. Ele adotou uma postura negacionista,