Um Novo Tempo se Aproxima

Estamos chegando no final do ano de 2023 e nos aproximando de 2024 e cada novo dia de vida que temos é uma nova oportunidade que DEUS nos concede para fazermos mais e melhor em cada área de nossas vidas. Renovam-se as oportunidades de agirmos diferente, corrigindo os erros e aprimorando os acertos. Se nos apegarmos à força que vem de DEUS, com foco, fé, muito empenho e comprometimento, nós conseguimos vencer a cada uma das adversidades, com CRISTO em Primeiro Lugar, pois ELE nos dotou de capacidade antes mesmo de nascermos.

O fato é que para que estas palavras abençoadoras se tornem realidade em nossas vidas é necessário que façamos aquilo que ninguém pode fazer por nós: ou seja, a nossa parte, aquilo que nos cabe fazermos. É muito importante planejarmos e querermos que tudo, ou pelo menos algumas coisas, sejam diferentes no novo tempo que vai se iniciar em janeiro vindouro. Porém, é importante termos a ciência de que só termos vontade e planejamento não vão fazer com que alcancemos êxito. Precisamos sair das nossas ‘zonas de conforto’ nas mais diversas áreas. Temos que nos desafiar. Engana-se quem pensa que o parâmetro correto é se comparar com A, B ou C ou tentar provar que se pode fazer ou ser melhor do que quem quer que seja. Isso é mediocridade.

Nossos verdadeiros indicadores de sucesso devem estar alicerçados em nós mesmos, em nosso desempenho pessoal e em nosso progresso contínuo, de forma a buscarmos nos auto superar a cada dia.  Não há problema algum em termos determinadas pessoas como referenciais e nos espelharmos nas boas atitudes. Não é errado (pelo contrário) você admirar a conduta, a maneira de ser e de agir de indivíduos que nos inspiram. Isso é natural, saudável e importante, porque ninguém conhece tudo e as características louváveis devem ser aprendidas. Contudo, a questão que abordamos aqui é acerca da falta de responsabilidade para se tomar as rédeas da própria vida. Ao mesmo tempo em que somente nós podemos decidir agir diferente para alcançar novos resultados, também é fato que somente nós podemos retirar das nossas vidas as barreiras que muitas vezes nós mesmos colocamos.

Os próximos 366 dias do novo ano que se avizinha estão repletos de “folhas em branco” para serem escritas por nós. Mas nós é quem vamos decidir o que será escrito em nossas “páginas de vida”. Desta forma, a concretização dos nossos projetos depende muito mais da nossa disposição, da nossa garra e do nosso foco do que de quaisquer outros fatores. Sabemos que nada é fácil de se construir, mas se temos sonhos, alvos e a vontade de progredir é preciso nunca deixarmos de batalhar, agindo com diligência e sinceridade em toda e qualquer situação; respeitando sempre o espaço do outro e não nos abatendo com as lutas que se apresentem. 

Compartilhe:​

Qual sua opinião? Deixe seu comentário