Pesquisar
Close this search box.

Planejamento de carreira para 2018

O final do ano é sempre um bom momento para planejamento do próximo ano. Parece clichê, mas de fato é algo bem interessante, senão muito importante a ser feito.

Falando de carreira, geralmente as coisas vão acontecendo e quando você se dá conta, você caminhou para uma direção meio que sem querer, o que às vezes é muito bom e positivo, mas outras vezes, você reflete sobre o que poderia ter feito para que seu caminho tivesse sido diferente.

Por isso, é tão interessante você fazer o gerenciamento da sua carreira. Para tal, a primeira coisa a ser feita (e precisa ser feita o quanto antes) é o planejamento. Por vezes, o planejamento precisa ser iniciado anos antes. Carreira é planejamento, é preparo. Quanto antes você começar a se planejar, maior será a probabilidade de dar certo.

Existem hoje profissionais, Coachs de Carreira, que como eu, auxiliam particularmente nesse planejamento. Mas, você também consegue dar andamento sozinho nisso e coloco aqui algumas dicas para tal. Vamos iniciar agora?

1) Prepare o ambiente

Organize para que seja um momento agradável, um dia que você esteja de bom humor. Tire um tempo a sós (ou se casado, é interessante que o cônjuge compartilhe dessas decisões), escolha um local adequado e tranquilo. Tenha em mãos bastante papel e caneta, ou computador/tablet. Se possível, tenha disponível uma manhã inteira ou uma tarde inteira. Não é interessante estar com crianças nesse momento.

2) Passo a passo do planejamento

a) Qual é o seu objetivo?

Para iniciar um planejamento, você precisa saber onde quer chegar. Qual é o seu objetivo daqui 5 anos, 10 anos, 20 anos e para sua aposentadoria? Coloque isso bem claro no papel, pois a partir daí você poderá escrever os caminhos que precisará trilhar
.
Lembre-se que será investido tempo, dinheiro e energia. Tempo, energia e dinheiro é sua vida.
Dessa forma, pense bem no seu objetivo, quais serão os pontos positivos e também do que você terá que abrir mão para chegar nele e se isso será viável para você.

Qualquer carreira terá a parte brilhante e que todos querem, mas também terá os pontos difíceis e que precisará muito esforço para ter sucesso. Pense se você também está disposto a parte não tão boa da carreira escolhida.

b) O que faço para chegar ao meu objetivo?

De acordo com o seu objetivo, você terá algumas necessidades. Se você escolher uma carreira onde será necessário falar um idioma fluentemente, você precisará iniciar um curso de idiomas e se dedicar a isso. Ponto de atenção: uma coisa é se matricular no curso, outra coisa é se dedicar a fim de ter sucesso total no investimento.

Pontue todas as necessidades para ter sucesso em sua carreira. O interessante é que você veja o mínimo para poder seguir tal carreira – este é o mínimo que você precisará fazer.

Após isso, verifique o que têm as pessoas de mais sucesso nessa carreira – geralmente essas são os diferenciais. É nesse ponto que você realmente será um sucesso ou não.

As pessoas que ficam somente com o básico, terão o básico, iniciarão e continuarão na mediocridade (que não é ruim, mas é igual a todos). As pessoas que correm atrás do diferencial, serão diferenciais em sua carreira e terão consequências positivas diferenciadas dos demais. É nesse ponto que você deve querer chegar!

Ou seja, há dedicação de tempo, de energia e de dinheiro para isso – dedicação de vida, portanto, o planejamento é fundamental para que você não perca parte de sua vida se dedicando a algo que você pode desistir mais na frente.

Alguns pontos a serem pensados aqui: formação acadêmica, idiomas, experiências em empresas de segmento/culturas específicas, habilidades comportamentais e competências a serem adquiridas, hábitos a serem formados, identidade visual a ser formada.

c) Defina tempo

Não sabemos nem o que irá acontecer no dia de amanhã, porém o que couber a nós, precisamos fazer um planejamento. E todo planejamento precisa ter início, meio e fim. O fim é chegar na meta programada, ou seja, sucesso.

O tempo precisa ser definido de forma sensata e tangível. Coloque algo que será possível realizar. Não coloque tempo de menos, de forma que você não consiga fazer o necessário para finalizar bem. Não coloque tempo de mais, de forma que você tenha tempo para sair do seu foco. Seja realista nesse sentido.

d) Inicie

Vejo muitas pessoas que tem planos, e excelentes planos montados, porém não executam. De nada adianta você ter um belíssimo planejamento, mas não fazer acontecer.

Monte uma rotina: marque uma data de início e mãos a obra. A partir desse dia, faça os cursos, atividades, trabalhe, faça o necessário para que o planejado aconteça.

Fora o que você já colocou no papel que precisaria fazer, comece a acordar cedo todos os dias, independente de ter compromisso ou não cedo da manhã. Tenha uma atividade extra, fora do seu planejamento (um exercício físico rotineiro é excelente ideia, ler um livro por mês também). Tente juntar o útil ao agradável. Se for viajar, tente mesclar com algo de interesse profissional também, você poderá se divertir e ainda aproveitará para o gerenciamento de sua carreira.

e) Monitore-se

Você é dono do seu planejamento e precisa de disciplina para que ele seja concluído com sucesso, ainda mais se este for um planejamento que leve alguns anos. A cada ano monitore o que foi o estipulado e qual foi o alcançado. Se precisar, dê uma corridinha a mais em algum momento para que você alcance o tempo que foi determinado.

Acima de tudo, tenha equilíbrio. É muito importante chegar lá, mas aproveite também os momentos que estão sendo vividos até se chegar ao resultado final – afinal de contas, essa é a sua vida (tempo, energia e dinheiro)!
Bom planejamento e ótima semana!
Fiquem com Deus!

Compartilhe:​

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Notícias Recentes

No data was found
Pesquisar