Pesquisar
Close this search box.

O que você está fazendo com a sua carreira (e vida)?

O cenário do mercado de trabalho está mudando. Antes, os profissionais a procura de trabalho queriam uma empresa para trabalhar por muito tempo. Hoje, os profissionais têm a oportunidade de escolher qual empresa querem trabalhar, e não necessariamente isso está num planejamento a longo prazo.

Mas, ainda vejo pessoas falando que não há emprego.

Esse é apenas um exemplo para trazer a consciência da autorresponsabilidade, tema que refletiremos hoje.

Autorresponsabilidade com você enquanto profissional

Talvez, quando você leu acima a minha afirmação “hoje, os profissionais têm a oportunidade de escolher qual empresa querem trabalhar”, você se questionou se é bem assim mesmo. Em geral, um profissional que tem a autorresponsabilidade como valor, se preparou para isso e pode escolher qual oportunidade quer abraçar. Isso porque com seu preparo tanto com hard skills (competências técnicas) como com soft skills (competências comportamentais), construiu uma carreira baseada em bons conhecimentos, relacionamentos e uma visibilidade profissional que permitem a você, mesmo trabalhando, receber convites de outras empresas e entender se faz sentido ou não. 

Importante deixar claro que, nem sempre a oportunidade batendo a porta será melhor do que o seu atual. Não deixemos nos levar pelas empolgações do momento ou somente salário. Essas decisões devem ser baseadas em fatos e racionalizadas, e não levadas pela emoção. Digo isso porque sei que faz um bem enorme para o ego esse tipo de convite. Mas, isso não quer dizer que será melhor para você enquanto profissional. 

São diversos os profissionais que reclamam da falta de apoio dos líderes e gestores, falam que não conseguem mais porque a empresa não faz mais por eles. Mas, o que você tem feito para ter esse apoio? Além disso, entenda que a sua carreira é sua responsabilidade e não da empresa. Sim, você tem autorresponsabilidade aí, e muita. 

Precisa de um curso para melhorar sua performance? A empresa pode até fornecer, mas ela não tem responsabilidade por isso. Entenda que o curso vai enriquecer você enquanto profissional e é algo seu, independente se nesse momento você utilizará nessa empresa. Em outras palavras, a empresa não tem a obrigação, mas se você quer crescer, você tem. 

Não consegue financiar o curso? Existem momentos e prioridades na vida. Que tal deixar outro item de lado e focar um pouco nesse? Realmente não tem como? Que tal introduzir o assunto por meio de cursos, debates, artigos com acesso gratuito na internet com algum tempo de pesquisa?

Pode parecer um pouco duro da forma colocada, eu sei. Mas, é uma tendência de nós, seres humanos, acharmos que as pessoas/liderança/empresa devem algo para você, enquanto sabemos que ninguém está fazendo nenhum favor para ninguém. É uma tendência de nos colocarmos na posição de vítima e esperar que algo seja feito por nós. 

As pessoas que fazem e são a diferença nas empresas, saíram do vitimismo e assumiram seus papéis de protagonistas. 

Faça o seu melhor e faça acontecer porque você é assim e não porque alguém está empurrando você para ser assim.

Sabe que tem uma entrega para fazer? Dê o seu melhor para fazer acontecer, se possível antes do requerido. Não utilize de muletas que podem aparecer ao longo do tempo, para usar delas como desculpas para não entregar. Você pode até externalizar que foi culpa de alguém ou alguma situação, mas lá no fundo você sabe que é apenas uma muleta (e as pessoas que estão te ouvindo, sabem mesmo que você não assuma).

A questão é: é essa a visibilidade que você quer que tenham de você enquanto profissional? 

Sim, na maioria das situações em nossas vidas, não fazemos nada acontecer sozinho. Tem uma equipe, uma rede de apoio, algo e alguns suportando você. Faça a sua parte para que essas pessoas estejam para te apoiar quando você precisar. Seja uma pessoa legal, dê honra a quem merece, valorize o ser humano do seu lado e não apenas se vanglorie e faça o seu certo corretamente. Tenho certeza que sua carreira irá longe assim e, quem sabe, um dia você receba uma ligação minha com uma excelente oportunidade para a sua carreira ☺

Vale lembrar que nossos comportamentos são feitos de hábitos que repetimos em diversas áreas da nossa vida. Então, o bom filho que você é, vai refletir no bom marido e bom pai, que vai refletir no bom profissional, que vai passar para o bom líder que você é ou será um dia, além do excelente ser humano que você pode ser com todos ao seu redor.

Boa semana!

Fiquem com Deus!

Compartilhe:​

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Notícias Recentes

No data was found
Pesquisar