Pesquisar
Close this search box.

LinkedIn: Dicas práticas para utilizar a rede

Vamos aproveitar o feriado para mantermos nossa visibilidade em alta? E para isso, vamos focar hoje, na rede mais utilizada profissionalmente, tanto para networking quanto para conseguir um novo emprego.
Ligue seu computador (ou acesse via celular) e mãos à obra:

– Mantenha seu perfil atualizado, contato de telefone e e-mail, e tenha uma foto profissional. A foto é importante, uma vez que perfis sem foto são considerados inseguros para uma conexão.
– Título do LinkedIn: esse é o primeiro campo a ser pesquisado quando de uma busca. Dessa forma, coloque sua área/cargo. Não coloque “em busca de recolocação”, pois geralmente as pesquisas são feitas por área e cargo. Por exemplo, se você assume um cargo de gestão na área logística, coloque de forme abrangente, para ser mais facilmente achado pelos Headhunters e Recrutadores: Gerente / Coordenador / Supervisor de Logística, Supply Chain, Suprimentos, Compras.
– Palavras chaves: em sua experiência e resumo profissional, coloque palavras chaves para a sua área e termos técnicos específicos de sua área de atuação, pois também é possível haverem buscas por essas palavras chaves, e assim, você será facilmente encontrado.
– Mantenha seu LinkedIn “clean”: não é necessário preencher todos os campos, e sim os campos importantes para sua área de atuação. Para cursos, por exemplo, coloque o título do curso e instituição, mas não é necessário colocar o ano destes, para que não fique muito poluído.
– Conexão: gere conexões, principalmente com pessoas que você vê maior probabiblidades de gerar contatos de emprego, como Gerentes de RH, Analistas de RH, Headhunters, Recrutadores de Consultorias de RH e gestores de sua área de atuação. Caso você tenha experiência específica num determinado segmento, também é interessante você ter em suas conexões pessoas que trabalhem em empresas desse segmento. Faça network com pessoas de sua área, com certeza o acréscimo de conhecimento de todos será um bom fator para o início ou continuidade de uma parceria.
– Grupos de interesse: siga empresas interessantes para você enquanto profissional (segmento, porte, nacionalidade), bem como Consultorias de RH, para que você esteja por dentro das vagas anunciadas.
– Idiomas: o LinkedIn tem um recurso em que você pode manter sua página em mais de um idioma. Então você pode escolher mante-lo em português e inglês, por exemplo. Se a pessoa que estiver visitando seu LinkedIn tiver como origem a lingua inglesa, verá seu perfil em inglês. Se a pessoa que estiver visitando seu LinkedIn tiver como origem a lingua portuguesa, verá seu perfil em português.
– Decida se portar de uma boa maneira, ser portador de boas notícias.
– Compartilhe artigos e assuntos interessantes, ou mesmo escreva seus próprios artigos, algo que vá contribuir e acrescentar.
– Compartilhe vagas de emprego, independente se você está empregado ou não. Isso ajudará outra pessoas, e mostrará que você não se importa apenas consigo mesmo.
– Curta atualizações e as comente, se fizerem algum sentido para você.
– Parabenize suas conexões pelas iniciativas, novos ou aniversário de emprego.
– Transmita otimismo e amor. O que eu chamo de amor é diferente do que algumas pessoas entendem por amor. Amor é tratar o outro bem, é ajudá-lo e apoia-lo, é guiar por um caminho que ele ainda não tinha conseguido visualizar sozinho. É somar com aquela pessoa.

Compartilhe:​

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Notícias Recentes

No data was found
Pesquisar