Pesquisar
Close this search box.

Idealizações do futuro

Sempre viveremos um presente em contínua evolução, embora o passado fora a mola propulsora dos atuais fatos em quase todos os cenários. Mesmo diante das incertezas do futuro a constante luta do ser humano bem intencionado será sempre marcada pelo que realizamos e pelo que deixamos de realizar; restando a lembrança dos tempos que não voltam mais. Neste sentido, a dimensão da arte de viver engloba o nosso dia a dia, onde nem sempre a vontade de lutar por ideais visando  o progresso de todos nos conduzirá ao sucesso. A esperança de construirmos um mundo onde no futuro nossos netos sejam mais felizes constitui-se  hoje numa utopia porque  nada se edifica sem uma base sólida. Vivemos numa área minada de todos os lados, habitada por políticos egoístas e pobres de espírito,  aos quais se agregam grande parte dos que integram nosso  STF, infelizmente. Tudo parece afastar-nos de uma vida mais salutar, até porque como seres humanos trabalhadores merecemos um presente onde o caráter e a honestidade se constituem nos valores morais que não encontramos hoje, com raras exceções. Relembrar fatos de um passado que não nos deixa saudade em nada nos levará a pensar nos caminhos que a vida nos revelará brevemente. Como todo ser humano tem seu lado individualista; caberá a cada um de nós idealizarmos o mundo do futuro dentro de uma expectativa palpável, edificado por seres humanos possuidores de objetivos voltados  para um amanhã mais igual, com menos miséria e mais empregos. A vida não é apenas um presente que recebemos, mas também um dever de vivê-la buscando um mundo melhor, onde se praticará o bem sem olhar a quem. Será que todos nós teremos paciência para participarmos da construção de um novo  Brasil onde os jovens saberão o que é moral, caráter e valores que integram a ética comportamental?

A vida não é só uma passagem, muito menos uma viagem de um único caminho. Será sempre consequência do que o ser humano plantar, onde os ideais nortearão cada um. Infelizmente, uns serão atraidos pelas facilidades que o oportunismo gera; enquanto outros colherão a felicidade decorrente do caráter e da honestidade que adotaram como norma de conduta profissional. Contudo, a busca pela liberdade individual sempre se constituirá num dos valores fundamentais, sendo inegociável à luz do direito pátrio. A suposta pretensão de igualdade sob o manto da filosofia comunista só produzira verdadeiras tiranias no passado e no presente.

Assim, controlar os aspectos da vida não fazem  parte da livre iniciativa; do direito de ir e vir e da liberdade de expressão. O progresso de uma Nação reside no investimento, na criatividade e na competência;  não se desprezando nunca as falhas inerentes a qualquer projeto. Tenhamos todos um foco e não permitamos que o ódio nos atinja porque somos cristãos. A vida segue, mas estar bem com seu âmago é também nutrir o amor ao próximo, alcançando a PAZ.

Compartilhe:​

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Notícias Recentes

No data was found
Pesquisar