Pesquisar
Close this search box.

O Escotismo e seus valores

O Escotismo é um movimento educacional feito para os jovens, que ensina valores e desenvolve o protagonismo de crianças, jovens e adultos, com mais de 50 milhões de associados em mais de 216 países, e o movimento é considerado a maior ONG de educação não formal do planeta.  

   Em terras barés o escotismo completou 106 anos de existência, e essa essência é aplicada pelo Grupo Escoteiro Dom Bosco, no centro da cidade, que contribui para a formação de meninos e meninos, funcionando no tradicional Colégio Salesiano Dom Bosco. 

   O Escotismo: Fundado por Robert Baden-Powell, em 1907, é um movimento educacional de jovens, voluntariado, apartidário e sem fins lucrativos, que valoriza a participação de todas as origens sociais, etnias e crenças. 

   O movimento nasceu como uma tentativa de combater a delinquência juvenil na Inglaterra, no início do século XX, e procura o desenvolvimento físico, espiritual e mental dos jovens para que, desta maneira, possam tornar-se bons cidadãos.  

   Ele enfatiza as atividades lúdicas com objetivos educativos, atividades ao ar livre e serviço comunitário, estas últimas com o objetivo de formar o caráter e ensinar, de forma prática, os valores humanos. 

   São várias as faixas etárias de participação: Ramo Lobinho – 6,5 anos aos 10,5 anos; Ramo Escoteiro – 11 anos aos 14,5 anos; Ramo Sênior – 15 anos aos 17,5 anos; Ramo Pioneiro – 18 anos aos 20,5 anos; Escotistas e Dirigentes – após os 21 anos. 

   Dentre os fundamentos do Movimento Escoteiro, temos o Propósito, que é contribuir para que os jovens assumam o próprio desenvolvimento, especialmente de caráter, ajudando-os a realizar suas plenas potencialidades físicas, intelectuais, sociais, afetivas e espirituais, como cidadãos responsáveis, participantes e úteis em suas comunidades. 

   O Escotismo tem como Missão, “contribuir para o desenvolvimento integral de crianças, adolescentes e jovens por meio do Método Escoteiro, para a vivência da cidadania e construção de um mundo melhor”. 

   Os Princípios do Escotismo estão definidos na Promessa Escoteira, base moral que se ajusta aos progressivos graus de maturidade do indivíduo, a seguir mencionados para o conhecimento de todos. 

   Dever para com Deus: adesão a princípios espirituais e vivência ou busca da religião que os expresse, respeitando as demais. Dever para com o próximo: lealdade ao nosso País, em harmonia com a promoção da paz, compreensão e cooperação local, nacional e internacional, exercidas pela Fraternidade Escoteira, participação no desenvolvimento da sociedade com reconhecimento e respeito à dignidade do ser humano e ao equilíbrio do meio ambiente. E dever para consigo mesmo: que é a responsabilidade pelo seu próprio desenvolvimento. 

   Em resumo, o Escotismo é uma filosofia de vida que ensina o respeito pela natureza, a tolerância, a igualdade, o companheirismo, a atividade física e a capacidade de superar adversidades. É chamado de movimento por estar sempre em constante transformação, acompanhando as mudanças da geração, mas sem perder seu propósito educacional.  

   Certamente os seus participantes estão corretíssimos em acreditar que por meio de boas e pequenas ações podemos transformar o mundo.  

Compartilhe:​

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Notícias Recentes

No data was found
Pesquisar