Pesquisar
Close this search box.

Em 8 anos, CAIXA aplicou apenas 0,01% no crédito rural do Amazonas

Meu muito obrigado ao deputado federal Alberto Neto por ter desvendado quanto a Caixa Econômica Federal aplicou no agronegócio amazonense nos últimos 8 anos. A resposta oficial da CAIXA mostrou que ela aplicou no Brasil R$ 44 bilhões em 8 anos. No Amazonas, apenas 4,3 milhões. Isso equivale a 0,01% do valor total aplicado no Brasil. Isso explica muita coisa, quem é do setor primário sabe o que isso gera de atraso ao setor agropecuário local, ao nosso produtor rural. Espero, agora, que o assunto entre em pauta na assembleia legislativa, conselhos e pelos órgãos de controle, pois a não chegada desse recurso ao setor rural do Amazonas gera a extrema pobreza, a fome, violência, desemprego, abandono da zona rural entre tantos outros. Quem sabe isso explica a metade dos amazonenses em vulnerabilidade social, segundo dados do IBGE/2018. Soube, também, que é intenção do parlamentar realizar videoconferência com a regional da CAIXA Amazonas para tentar encontrar solução, o mais urgente possível. O Interior precisa desse apoio da CAIXA na área rural, não só do Banco do Brasil e do Banco da Amazônia. Nesse encontro, é importante a participação de todos os membros do Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável – CEDRS. Seria um encontro não para levantar culpados, pois já perdemos muito tempo, e tem vários culpados, mas para abrir caminhos ao nosso produtor rural junto a CAIXA. Não faz sentido aplicar apenas 0,01% em nosso estado. É sempre bom lembrar que o acesso ao crédito rural sempre foi pauta da FAEA, FETAGRI e OCB nos documentos entregues aos candidatos ao governo do Amazonas. 

Respostas da CAIXA

Tive acesso ao documento que foi encaminhado ao deputado federal Alberto Neto. O parlamentar fez três questionamentos à CAIXA. A respostas foram essas: “…Durante os 8 anos de atuação no setor do agronegócio, os financiamentos da Caixa Econômica Federal ligados ao setor do agronegócio no Estado do Amazonas totalizaram R$ 4,3 milhões…”. “…Os recursos foram destinados às atividades de pecuária, nas finalidades de custeio, para manutenção de atividade de recria/engorda, e investimentos, para aquisição de animais…”. “…Existem 7 (sete) agências CAIXA no estado do Amazonas que operam com o agronegócio: Itacoatiara, Tefé, Maués, Presidente Figueiredo e três em Manaus…”.

Mais uma vez meu muito obrigado ao deputado federal Alberto Neto, que mesmo não tendo origem no setor rural, tem ouvido, defendido e apoiado o setor em vários assuntos. Sua assessoria parlamentar está de parabéns por acompanhar os assuntos do nosso setor rural.

Compartilhe:​

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Notícias Recentes

No data was found
Pesquisar